1 evento ao vivo

Carolina Herrera faz primeiro desfile sem sua fundadora

Estreia de Wes Gordon no comando da grife foi marcada pelas cores vivas e pela coleção alegre

10 set 2018
19h11
  • separator
  • comentários

A Carolina Herrera apresentou nesta segunda, 10, durante a Semana de Moda de Nova York, seu primeiro desfile sem a fundadora da marca como diretora criativa, um evento que se destacou por estilo colorido e floral.

Realizada no New York Historical Society, o primeiro museu de Nova York, fundado em 1804, a apresentação da grife comandada agora por Wes Gordon, de 31 anos, deu continuidade a sofisticação feminina que é característica da marca. Nesta temporada, Gordon apostou em estampas florais e mangas volumosas para os vestidos. Na cartela de cores se destacaram o amarelo, o verde e vários tons de rosa, assim como o branco e o preto.

Confeccionados com materiais leves e fluídos, os vestidos florais foram os grandes protagonistas do desfile, mas a grife também deu um certo toque vintage com as botas até os joelhos com flores bordadas e combinadas com camisas ou blazers oversized sobre saias curtas. A influência folclórica pareceu com nos babados de vestidos de bolinhas, tanto curtos quanto com comprimento mídi.

As mangas volumosas foram parte fundamental das criações de Gordon e apareceram tanto nos trajes formais quanto nos informais, para noite ou para o dia, sobretudo em uma série de vestidos brancos com transparências discretas.

Como de costume, os vestidos de gala tiveram o seu momento sob os holofotes, e apareceram feitos de cetim, em shapes grandes e volumosos, que deixavam à vista apenas os ombros das modelos com seus decotes ombro-a-ombro.

O amarelo vibrante, o preto, as listras coloridas em azul, salmão e verde musgo, as roupas luxuosas, com bordados florais, foram desfiladas arrastando suas caudas abauladas, que deram uma pincelada majestosa.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade