6 eventos ao vivo

Zika na gravidez: Mesmo sem microcefalia, bebês têm atrasos neurológicos

Mesmo sem o diagnóstico do vírus ao nascer, consequências do Zika podem aparecer com o tempo

9 jan 2020
16h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Um estudo realizado nos Estados Unidos analisou 77 bebês de mães que foram infectadas com o zika vírus durante a gestação. Apesar dos exames durante a gravidez não apontarem indícios da doença no feto, a maioria das crianças apresentaram consequências meses após o nascimento.

Foto: shutterstock/PongMoji
Foto: shutterstock/PongMoji
Foto: Getty Images / Minha Vida

Segundo o texto publicado no Jornal de Pediatria da Associação Médica Americana, 91% dos bebês analisados não apresentavam nenhum sinal do vírus durante a gestação ou no momento do nascimento. Porém, até os 18 meses de vida, todos começaram a apresentar atraso no desenvolvimento neurológico. 



"Esses bebês não tinham evidências de déficits de zika ou microcefalia no nascimento. Os déficits no desenvolvimento neurológico, incluindo declínios na mobilidade e cognição social, surgiram no primeiro ano de vida", contou Sarah B. Mulkey, médica coordenadora do estudo.

Apesar de a microcefalia ser uma das consequências mais populares da contaminação do zika vírus, o atraso neurológico ocorreu também em bebês que possuem a medida da circunferência da cabeça considerada normal.

"Nossas descobertas ressaltam as recomendações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças [dos EUA] de que todos os bebês expostos ao zika no útero passem por acompanhamento a longo prazo, oferecendo uma oportunidade para intervir mais cedo", finalizou Sarah.

Como detectar problemas decorrentes do zika

Confira uma lista de exames que devem ser feitos em bebês que tiveram contato com o Zika vírus antes de nascer. 



No nascimento:
  • Exame clínico com medição do crânio
  • Teste da orelhinha
  • Teste de laboratório que detecte Zika virus

Com um mês de vida:

  • Exame do olhinho
  • Exame de imagem cerebral
  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 2, 4 e 6 meses:

  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 9 meses:

  • Exame clínico com medição de rastreio de desenvolvimento apropriado para a idade

Aos 12 meses e 15 meses:

  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 18 meses:

  • Exame clínico com medição de rastreio de desenvolvimento apropriado para a idade

Veja também

Microcefalia: o que é, como é em bebês e fotos

Dengue: sintomas, tratamentos e prevenção

Chikungunya: o que é, sintomas, transmissão e tratamentos

Minha Vida
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade