0

SP registra primeiro caso de sarampo após quatro anos sem ocorrências

De acordo com a Secretária da Saúde, trata-se de um caso importado do vírus

3 abr 2019
11h07
  • separator
  • comentários

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo confirmou nesta segunda-feira (01) o primeiro caso de sarampo na capital após um período de quatro anos. Ou seja, até então a última ocorrência havia acontecimento em setembro de 2015.

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Getty Images / Minha Vida

De acordo com o Centro de Vigilância Epidemiológica, a vítima é um bebê de 5 meses que teria contraído a infecção em uma viagem à Noruega. A identidade da criança e seu estado de saúde não foram divulgados.

Em 2018, a Europa sofreu um dos maiores surtos da doença. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) foram 82,5 mil casos confirmados da doença e 72 mortes.

Ainda não há casos de autóctones da doença, quando a transmissão é interna, na cidade de São Paulo. Além desse caso confirmado, outros 35 suspeitos foram notificados e estão sendo investigados.

Casos de sarampo

Segundo o Ministério da Saúde, de janeiro a 19 de março de 2019 foram confirmados laboratorialmente 28 casos de sarampo em dois estados do Brasil. Os casos estão relacionados à cadeia de transmissão iniciada em 19 de fevereiro de 2018, sendo 23 casos no Pará e cinco casos no Amazonas, todos na região norte do país. Esse número já mostra uma redução de casos notificados, isso porque na mesma época em 2018 as ocorrências já passavam de 200 pessoas com sarampo.

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença contagiosa que aparece com febre e manchas no corpo, e o tratamento é feito para atenuar estes sintomas. A doença é causada por um vírus chamado Morbillivirus, e é uma das principais responsáveis pela mortalidade infantil em países sub-desenvolvidos. Veja os sintomas, como diagnosticar e como tratar a doença!

Minha Vida
  • separator
  • comentários
publicidade