0

Sabrina Sato revela gravidez de risco

Apresentadora contou que está internada para cuidar de problema na gestação

7 mai 2018
16h55
atualizado às 18h22
  • separator
  • comentários

Assim como para muitas mulheres, a apresentadora Sabrina Sato tinha um grande dilema: o desejo de ser mãe junto ao receio de precisar deixar a carreira de lado. Na última semana, ela revelou em seu Instagram que seu sonho está prestes a se realizar: ela está gestante de aproximadamente 10 semanas do ator Duda Nagle, seu marido. No entanto, a gestação é de risco. Em entrevista a Rodrigo Faro, Sabrina contou que teve um hematoma subcoriônico, também chamado de descolamento ovular, problema que a mantém de repouso no hospital há mais de 20 dias.

Sabrina descobriu o problema quando teve uma hemorragia, pouco depois de descobrir a gravidez. Isso a levou a uma internação que já dura mais de 20 dias. Ainda no hospital, a apresentadora deu entrevista ao programa Hora do Faro e contou sobre a dificuldade que sente em ter que deixar de lado as atividades profissionais momentaneamente para cuidar da saúde.

Em nota ao site Purepeople, a assessoria da Record, emissora em que seu programa é exibido, declarou que as gravações com ela devem ser retomadas em meados de maio. 

Gravidez de risco

Muitos fatores que causam a gravidez de risco não podem ser evitados. No entanto, alguns cuidados podem colaborar para a prevenção desta condição. De acordo com o obstetra Claudio Basbaum, a prevenção deve ser iniciada por meio de avaliação e orientação pré-concepcional daquelas pacientes que estão em idade fértil. Dentre estes cuidados específicos, por exemplo, considerar:

  • histórico obstétrico e sua evolução
  • histórico familiar de doenças hereditárias
  • existência atual de problemas clínicos maternos, avália-los cuidadosamente e corrigi-los
  • prescrição do Ácido Fólico, 2-3 meses antes de engravidar
  • suspensão do fumo e do álcool
  • reduzir o eventual sobrepeso
  • interromper o uso de drogas ou medicamentos que reconhecidamente podem causar efeitos deletérios sobre o feto
Minha Vida

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade