0

Ministério da Saúde investiga caso de sarampo 'importado' da Venezuela

O último registro de transmissão de sarampo dentro do território ocorreu em 2001.

22 fev 2018
10h25
  • separator
  • comentários

Após três anos sem casos registrados de sarampo no Brasil, a Secretária de Saúde de Roraima divulgou que um caso está sendo investigado no estado. No entanto, o Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (21) que o Brasil continua livre do sarampo e confirmou que o caso em Roraima foi "importado" da Venezuela.

Além disso, a pasta está investigando outros casos suspeitos da doença. Entre os casos em investigação, um é de uma brasileira que mora em Boa Vista, Roraima. O restante das ocorrências são de venezuelanos que estavam no Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, como não há transmissão dentro do território, "o país permanece livre da doença conforme o certificado emitido pela OPAS".

Desde 2001 não há registros de transmissão autóctone, quando a infecção ocorre dentro do território. Contudo, entre 2013 e 2015, houveram surtos de casos importados, sendo a maioria registrada nos estados de Pernambuco e no Ceará.

Próximas ações

Devido a ocorrência em Roraima, o Ministério da Saúde irá enviar uma equipe especializada no estado, auxiliando no planejamento das atividades de investigação e imunização.

Outra medida a ser tomada, é que os profissionais da saúde irá receber um treinamento para entender melhor sobre a doença.

O Ministério da Saúde também irá enviar 80 mil doses extras da vacina tríplice viral, totalizando 84 mil doses repassadas em 2018.

Minha Vida
  • separator
  • comentários
publicidade