0

Cientistas criam pílula contraceptiva de dose única mensal

Ainda em fase de testes, o novo método anticoncepcional promete ser mais fácil e eficaz do que outras pílulas disponíveis no mercado

10 dez 2019
15h20
atualizado às 16h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Cientistas americanos desenvolveram um novo método contraceptivo que pode facilitar a vida das mulheres: uma pílula anticoncepcional que só precisa ser tomada uma vez ao mês. O intuito da descoberta é promover uma maior aderência ao tratamento pelas mulheres, uma vez que muitas esquecem de tomar a pílula de uso diário.

Foto: Hanaha/Shutterstock
Foto: Hanaha/Shutterstock
Foto: Getty Images / Minha Vida

Os resultados iniciais do novo medicamento foram mostrados em um artigo publicado na revista Science Translational Medicine. Nele, os pesquisadores destacam que, no intervalo de 3 meses, entre 40 e 50% das mulheres esquecem pelo menos uma dose da pílula de diária. Portanto, a aderência poderia ser aumentada se a frequência da dose for diminuída.

Como funciona a pílula mensal?

A pílula formulada pelos cientistas se trata de uma cápsula gelatinosa, que permite a administração oral. Uma vez ingerida, ela é dissolvida no organismo e libera um polímero que se instala na parede do estômago, que fica responsável por liberar os hormônios num período de 3 semanas.

Por enquanto, a pesquisa foi realizada apenas em porcas. De acordo com o pesquisadores, o animal foi escolhido justamente por sua anatomia ser similar com o trato intestinal humano, mas com um metabolismo mais lento.

Neste primeiro momento, o time analisou os níveis de levonorgestrel (um tipo de progesterona sintética) que eram liberados pelo polímero ao longo do tempo e também o design do polímero para suportar o pH baixo do suco gástrico.

Agora, serão necessários estudos adicionais para testar a eficácia contraceptiva dessa forma de dosagem. Além disso, será preciso analisar como produzir uma pílula que funcione em humanos, com foco na seleção de materiais para melhor adaptação ao estômago e na liberação completa do medicamento no período desejado.

Benefícios da pílula mensal

Diante da descoberta, os pesquisadores ressaltam a importância dos métodos que reduzem a frequência de dosagem, uma vez que muitas mulheres esquecem de tomar as pílulas diárias. Dessa forma, um tipo de anticoncepcional de uso mensal aumentaria a eficácia do tratamento.

A pesquisa também afirma que este novo método pode beneficiar uma grande parte da população, principalmente os países de baixa renda, em que a medicação via oral é o único método contraceptivo acessível. Outros benefícios deste tipo de pílula são:

  • Auto-administração
  • Administração via oral
  • Não haver necessidade de procedimentos clínicos para remoção
  • Maior privacidade.

A pílula anticoncepcional é um dos métodos contraceptivos mais usados pelas mulheres. Apesar de sua popularidade e acessibilidade, o medicamento possui algumas desvantagens em seu uso, como o risco de trombose e outros efeitos colaterais, como:

  • Dor de cabeça
  • Perda de libido
  • Náuseas.

Além disso, existe uma série de efeitos adversos que podem acontecer quando a pílula não está adequada à paciente ou seu uso está sendo feito de maneira incorreta, como hemorragias, anemia, ausência de menstruação e ganho de peso.

Por outro lado, a pílula anticoncepcional possui uma série de vantagens que a tornam tão utilizada entre as mulheres.

Veja também:

Tudo o que você sempre quis saber sobre a pílula anticoncepcional

 

Minha Vida
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade