2 eventos ao vivo

Anvisa aprova novo medicamento contra tipo de câncer de pele

Droga imunoterápica é indicada para tratamento do carcinoma de células de Merkel metastático

5 jun 2018
09h48
atualizado às 10h10
  • separator
  • comentários

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta segunda-feira (04/06) o uso do medicamento imunoterápico Bavencio (avelumabe, 20mg/ml uso intravenoso). O remédio trata-se de um anticorpo monoclonal IgG1 humano produzido por meio da tecnologia de DNA recombinante.

Medicamento é feito com tecnologia de DNA recombinante
Medicamento é feito com tecnologia de DNA recombinante
Foto: George Frey / Reuters

Esse é o primeiro tratamento indicado para carcinoma de células de Merkel metastático (CCMm), um tipo raro e agressivo de câncer que se forma mais frequentemente na pele. O novo medicamento foi elaborado em parceria da Merck com a Pfizer e tem como objetivo promover uma ampla investigação no campo da imuno-oncologia.

"Até agora, os pacientes brasileiros não tinham opções para tratar esse tipo raro e devastador de câncer. E essa notícia é ainda mais positiva, considerando que é uma opção de imunoterapia para os pacientes que já enfrentam as dificuldades de viver com o CCMm", disse em nota Ricardo Blum, diretor médico da Merck no Brasil.

Na Europa, um total de 2.500 pessoas são diagnosticadas com a doença a cada ano, das quais entre 5% e 12% são diagnosticadas já em fase metastática. Cerca de 1 em cada 3 europeus com a doença morrem anualmente. No Brasil, não há dados epidemiológicos específicos disponíveis para o CCM.

O que é câncer de pele?

O câncer da pele é o tipo de tumor mais incidente na população - cerca de 25% dos cânceres do corpo humano são de pele. O câncer de pele é definido pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Qualquer célula que compõe a pele pode originar um câncer, logo existem diversos tipos de câncer de pele.

Veja também

 

Minha Vida

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade