0

1 em cada 7 bebês infectados pelo Zika na gravidez têm doenças após um ano

Pesquisa feita com bebês norte-americanos detectou anomalias e problemas no sistema nervoso; veja como prevenir

7 ago 2018
16h51
  • separator
  • comentários

O Zika vírus é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus que se espalhou no Brasil em 2015. A infecção com o vírus durante a gravidez foi associada ao nascimento de bebês com microcefalia, cegueira e surdez, condições detectadas quando os pequenos tinham poucos dias de vida.

No entanto, uma pesquisa dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos descobriu que, a partir de um ano de vida, um em cada 7 bebês ainda tinham problemas de saúde sendo identificados, muitos que apareciam só após o crescimento deles. Entre os problemas, estavam anomalias de nascimento, como microcefalia, danos cerebrais ou oculares, além de problemas no sistema nervoso, como convulsões, problemas com a deglutição e movimento ou atrasos de desenvolvimento. 

"A gama completa de problemas de saúde causados pelo Zika vírus a longo prazo ainda continuará desconhecida até que estes bebês amadureçam", diz o texto do relatório.

O estudo foi feito com bebês dos territórios americanos fora do continente: Samoa Americana, Estados Federados da Micronésia, Porto Rico, República das Ilhas Marshall, Ilhas Virgens dos EUA. Nestes locais, 4800 grávidas foram diagnosticadas com o Zika ou tinham suspeita de infecção da doença. Destas gestações, 1450 bebês tinham mais de um ano e dados de saúde registrados, sendo objetos da pesquisa.

Entre os 1450 bebês, cerca de 14% tinham um ou mais problemas de saúde provavelmente decorrentes do Zika vírus, sendo cerca de 6% ligados às anomalias de nascimento e cerca de 9% ao sistema nervoso.

Como detectar problemas decorrentes do zika

O relatório ainda recomenda os exames que devem ser feitos em bebês que tiveram contato com o Zika vírus antes de nascer.

No nascimento:

  • Exame clínico com medição do crânio
  • Teste da orelhinha
  • Teste de laboratório que detecte Zika virus

Com um mês de vida:

  • Exame do olhinho
  • Exame de imagem cerebral
  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 2, 4 e 6 meses:

  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 9 meses:

  • Exame clínico com medição de rastreio de desenvolvimento apropriado para a idade

Aos 12 meses e 15 meses:

  • Exame clínico com medição do crânio

Aos 18 meses:

  • Exame clínico com medição de rastreio de desenvolvimento apropriado para a idade

Prevenção do Zika vírus

O mosquito Aedes aegypti é o principal transmissor do vírus e suas larvas nascem e se criam em água parada. Por isso, evitar esses focos da reprodução desse vetor é a melhor forma de se prevenir contra o Zika vírus. Veja como:

  • Evite o acúmulo de água em casa
  • Coloque areia nos vasos de plantas
  • Limpe as calhas
  • Coloque tela nas janelas
  • Cuide dos lagos caseiros e aquários
  • Use repelentes
  • Use roupas protetoras
Minha Vida

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade