3 eventos ao vivo

Está aberta a temporada dos eclipses: saiba o que significa

Veja as transformações que os astros reservam em tempos de pandemia

1 dez 2020
09h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No dia 30/11, na véspera do último mês de 2020, o ano que nunca esqueceremos, vivemos um eclipse lunar, ou seja, a Lua Cheia em Gêmeos nos traz promessas de mudanças, que continuam a partir de 14/12, com d um eclipse, desta vez solar, ou seja, a Lua Nova começa um novo ciclo no signo de Sagitário.

Foto: Awebic

O eixo Gêmeos/Sagitário já começou a ser mobilizado este ano, tem a ver com nossos processos mentais e intelectuais, com o ensino e o aprendizado, com a comunicação em geral. Mas também tem a ver com viagens e contatos pessoais e comerciais, que podem nos remeter a novos contratos.

As energias dos eclipses, em geral, promovem mudanças na vida de todos, mas especialmente de pessoas que possuem Sol, ascendente e Lua nesses dois signos, no primeiro eclipse entre os 3 e 13 graus e o segundo, entre os 18 e 28 graus desses dois signos. As mudanças prometidas, normalmente começam a partir de um evento marcante, que pode acontecer um mês antes, em torno da data ou em um mês depois. Esse processo pode envolver, pelo menos, seis meses até sua conclusão.

Sempre que um eclipse acontece, temos que levar em conta, os acontecimentos que o céu do momento apresenta e se houver acontecimentos astrológicos importantes, que também envolvem mudanças relevantes, eles precisam ser observados juntos com o eclipse.

Quem me acompanha aqui no Terra e no Instagram, sabe que no dia 16 de dezembro Saturno fecha um difícil ciclo de 3 anos, ciclo que nos remeteu a este difícil período de nossas vidas, de confinamento em casa e dentro de nós. Júpiter, que também está em Capricórnio, também fecha seu ciclo de um ano nesse signo e no dia 19, deixa-o no passado. Ambos os planetas, de mãos dadas, começam suas caminhadas através de Aquário, signo da nova era, para a qual todos estamos sendo preparados e que está mais próxima a cada ciclo que se fecha e outro que se abre.

Saturno em Aquário nos traz aprendizados (Saturno) coletivos (Aquário) e, Júpiter também nesse signo, nos abre portas e nos promete crescimento.

Aquário é um signo mental e leve; Saturno em Aquário não será, nem de longe, tão difícil quanto foi Saturno em Capricórnio e com Júpiter também nesse signo, a cada dia mais distante de Saturno, podemos esperar por um tempo de mudanças positivas, a pensar nos eclipses e nessa transição energética que todos estamos prestes a viver. O planeta agradece, a comunidade humana também.

Os eclipses acontecem no eixo mental e intelectual, em Gêmeos, o primeiro signo de ar e Saturno e Júpiter começam a caminhar através de Aquário, também um signo de ar. No dia 21 de dezembro, Saturno e Júpiter estarão unidos em graus exatos, aos 0 graus de Aquário, e esse costuma ser um evento muito importante, pois esses dois planetas se unem no mesmo signo e em graus exatos a cada 200 anos Essa ênfase no elemento ar, está diretamente relacionada com nossa mente e intelecto, com o ensino e o aprendizado, individuais e coletivos, com os ideais, que começam a ser revisados e, certamente, a ser transformados a partir da presença desses dois planetas em Aquário. Estamos em meio a um processo que envolve a mudança de paradigma e por isso, começamos a viver um tempo de novos aprendizados, um tempo de estudos e viagens, de novos ideais, novos conhecimentos e de muita comunicação, que promoverão as mudanças prometidas a nível pessoal e coletivo. A comunicação, através das novas tecnologias, fica mais fortes a cada dia.

Como disse acima, estamos a cada ciclo, mais próximos de uma nova era, de um novo paradigma, de um novo passo na direção de nossa evolução como humanos que somos. Uma boa viagem a todos nós!

Veja também:

Frozen de Iogurte com Calda de Frutas
Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade