0

Marte começa seu movimento retrógrado em Aquário

Paciência e a tolerância são nossos maiores bens durante esse período; reflita antes das decisões e respire fundo

29 jun 2018
09h00
  • separator
  • comentários

Esta semana não tem sido fácil. Além das tensas energias da Lua Cheia, Marte começou seu movimento retrógrado se unindo aos outros quatro planetas já nesse movimento.

Marte continua nesse movimento até 27 de Agosto e estará a 28 graus de Capricórnio quando retomar o movimento direto nesse signo.

Marte começa seu movimento retrógrado em Aquário
Marte começa seu movimento retrógrado em Aquário
Foto: Tokarsky / iStock

Marte retrógrado traz atrasos e se considerarmos que estamos, a partir desta semana, com cinco planetas retrógrados, podemos esperar por um tempo em que a paciência e a tolerância devem estar mais presentes.

Marte é o deus da guerra na mitologia, da agressividade, assertividade, da vontade objetiva e também da sexualidade. Quando ele começa o movimento retrógrado, as energias que envolvem esses sentimentos estarão diminuídas e mais dispersas. Sentiremos mais dificuldades nas tomadas de decisões, podemos nos envolver com mais frequência em brigas e mal entendidos, estaremos mais insatisfeitos e reclamões.

Nossos projetos podem atrasar e encontraremos alguns obstáculos em nossos caminhos e objetivos de vida, tanto na pessoal quanto na profissional.

Marte começa seu movimento retrógrado em Aquário e estará nesse signo até o dia 12 de Agosto, portanto, aquarianos, leoninos, taurinos e escorpianos sentirão com mais força a diminuição da energia vital e atrasos em seu projetos. A partir do dia 13, retorna a Capricórnio e especialmente capricornianos, cancerianos, arianos e librianos do último decanato serão os mais impactados, até o dia 27, quando retoma o movimento direto.

É claro que todos nós sentiremos uma certa sensação de puxada de freio, parece que a vida diminui o ritmo, pois é Marte que define esse ritmo.

É preciso entender que a paciência e a tolerância são nossos maiores bens durante esse período. Refletir antes das decisões e respirar fundo antes de reagir, pode ser uma grande saída durante essa fase de obstáculos.


 

 

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade