0

Astrologia: o que o céu do mês mostra para dezembro

1 dez 2018
09h00
atualizado em 5/12/2018 às 11h11
  • separator
  • comentários

O mês começa com o Sol, Júpiter e Mercúrio ainda retrógrado unidos em Sagitário, que recebem um tenso aspecto de Marte em Peixes, indicando ainda dias de nervosismo e certa confusão a todos nós. Existe uma forte ansiedade com uma pitada de ilusão, que deve ser trazida à consciência e transformada, para que erros e desilusões sejam evitados. Não é um bom momento para tomar decisões definitivas.

Astrologia: o que o céu do mês mostra para dezembro
Astrologia: o que o céu do mês mostra para dezembro
Foto: iStock

No dia 02, Vênus deixa Libra e começa a caminhar novamente através de Escorpião, depois de idas e vindas em seu movimento retrógrado e direto. A partir desse dia e nas próximas semanas, estaremos mais sensuais e vamos priorizar a intimidade, seja em momentos românticos, com a família ou com os melhores amigos. Estaremos mais profundos e voltados para nosso mundo emocional.

No dia 06, a Lua começa um novo ciclo, entra em Sagitário, se une a Mercúrio e a Júpiter e recebe esse mesmo aspecto tenso de Marte em Peixes, intensificando ainda mais essa energia de confusão. É importante, nesse período, estar com os pés bem firmes no chão, para evitar armadilhas do nosso inconsciente.

No dia 07, Mercúrio retoma seu movimento direto e no dia 12, retorna a Sagitário movimentando nossos processos mentais e intelectuais. Estaremos mais abertos e comunicativos, mais estudiosos e voltados para a aquisição organizada de novos conhecimentos.

Durante as três primeiras semanas, Marte e Netuno vão estar unidos em Peixes, o que pode trazer muita confusão e dúvidas, dificultando decisões importantes e definitivas que, se for possível, devem ser adiadas. 

No dia 21, o Sol deixa Sagitário e começa sua caminhada através de Capricórnio, fechando o grande ciclo anual e iniciando o solstício de verão no Hemisfério Sul e de inverno no Norte. Estaremos todos mais fechados e introspectivos, mais voltados para nossos processos emocionais e mentais, menos dinâmicos e mais determinados a alcançar nossas metas. O período pode ser marcado pela finalização de ciclos e planejamento de um novo ano que começa em poucos dias.

No dia 22, a Lua continua seu ciclo, entra na fase Cheia nos primeiros graus de Câncer, marcando dias de emoções afloradas e exacerbadas, que devem ser racionalizadas ao máximo, para que tsunamis de sentimentos sejam evitados. Procure compreender o que sente para que haja um direcionamento positivo de seus processos emocionais.

O mês e o ano terminam com Sol e Saturno unidos em graus exatos e com a entrada de Marte em Áries, marcando também um novo início. Marte em Áries trabalha em plena energia e devemos todos tomar cuidados redobrados com as raivas e ódios que podem escapar do controle racional. É um tempo em que devemos nos manter sob rígido controle.

Ouça o podcast Terra Horóscopo:

Veja também:

 

Fonte: Eunice Ferrari

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade