0

Conheça os testes que devem ser feitos no recém-nascido

30 ago 2012
08h55
  • separator

A saúde do bebê começa a ser monitorada desde quando ele está no útero. Quando nasce, é também hora de passar por diversos testes. De acordo com Francisco Lembo, pediatra do Hospital Samaritano, de São Paulo, os exames que são feitos no recém-nascido podem diagnosticar doenças que, se tratadas logo no início, se tornam menos danosas - como os distúrbios da tireoide.

A saúde do bebê começa a ser monitorada desde quando ele está no útero. Quando ele nasce, os cuidados não poderiam ser diferentes - por isso há uma série de exames obrigatórios a ser realizados
A saúde do bebê começa a ser monitorada desde quando ele está no útero. Quando ele nasce, os cuidados não poderiam ser diferentes - por isso há uma série de exames obrigatórios a ser realizados
Foto: Dreamstime / Terra



No total, a maternidade é obrigada a realizar quatro exames após o nascimento. São eles o exame do pezinho, o

screen

auditivo, o teste de reflexo vermelho e o teste do coraçãozinho.



Exame do pezinho

O exame do pezinho, que é colhido após 48 horas do nascimento, pode evitar algumas complicações futuras para a criança. Hoje, os testes ficaram mais sofisticados e existem três tipos, o básico, o intermediário e o complexo. Em cada grau, aumenta o número de doenças que podem ser diagnosticadas.



O teste básico pode detectar doenças como fenilcetonúria, anemia falciforme e hemoglobinopatias, fibrose cística e hipotireoidismo congênito. O exame intermediário inclui diagnósticos para toxoplasmose, leucinose e outras doenças. Já o complexo chega a detectar cerca de 45 problemas de saúde.



Com o resultado em mãos, o pediatra pode tratar de doenças que acarretariam em um grande dano para a saúde do bebê, como o hipotireoidismo. "Há algumas doenças que aparecem na triagem do pezinho, mas que não têm tratamento. No entanto, o diagnóstico precoce do hipotireoidismo salva a criança de ter algum déficit neurológico, que é o que normalmente acontece com bebês que nascem com algum distúrbio da tireoide", afirma Francisco.



Screen auditivo

O

screen

auditivo é o teste que vai avaliar se a criança nasceu com algum problema na capacidade de escutar. Ele também é feito nas primeiras horas de vida e quem avalia o bebê é um fonoaudiólogo.



Reflexo vermelho

O reflexo vermelho avalia os olhos do bebê. Por meio do exame, o médico pode diagnosticar catarata ou glaucoma na criança. O teste é realizado pelo pediatra neonatologista da maternidade.



Teste do coraçãozinho

O teste do coraçãozinho, que foi incluindo a lista dos exames pós-nascimento há pouco tempo, identifica doenças congênitas do coração. "Observou-se que aconteciam com frequência casos em que a criança era aparentemente saudável e, um ou dois meses depois, apresentava uma insuficiência cardíaca grave que podia levar até ao óbito", relata Francisco.



O exame é mede a quantidade de oxigênio no sangue. Dependendo do valor da medicação, a criança pode ser encaminhada para um eletrocardiograma, que pode avaliar melhor o que se passa com o bebê.



Busca um especialista em Fertilidade? Clique aqui e confira a lista dos profissionais

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Cross Content
publicidade