PUBLICIDADE
AO VIVO
Paris é Delas: Atletas falam sobre longevidade e vaidade no esporte

Você sabe quais os benefícios do ovo caipira? Descubra aqui!

O ovo caipira tem vários benefícios para o organismo humano; saiba quais são eles e como aproveitar melhor as vantagens do alimento

16 jun 2024 - 11h00
(atualizado em 17/6/2024 às 22h37)
Compartilhar
Exibir comentários
Veja os benefícios do ovo caipira
Veja os benefícios do ovo caipira
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Muitas pessoas pensam que a definição de um ovo caipira é dada pela sua cor - ou seja, que ele é aquele mais amarronzado, e não branco. Entretanto, não é bem por aí. O que determina a cor do ovo é apenas a genética da galinha, enquanto, para o alimento ser caipira, a galinha que o botou precisa ter um tipo específico de criação, geralmente considerado mais livre e melhor.

As galinhas que botam ovo caipira devem, por exemplo, ter uma alimentação natural em seu habitat, sem uso de ração, segundo a nutricionista Mirella Torchia. No mais, a qualidade nutricional do ovo caipira e do ovo de granja não tem muitas diferenças.

Então, quais são os benefícios do ovo caipira, no geral? A nutricionista cita alguns a seguir:

  • Alimento completo, rico em fibras, minerais, ajuda na memória, na visão, na pele e grande fonte de proteínas
  • Tem todas as vitaminas, menos a vitamina C
  • Ajuda na perda de peso e da saciedade
  • Auxilia na tarefa de manter músculos, fornece energia
  • Apoia o sistema imunológico
  • Tem baixo índice glicêmico, fornece gordura boa
  • Em média, tem 74 kcal

Como consumir

O ovo caipira, assim como o de granja, pode ser consumido de diversas formas diferentes. Entretanto, de acordo com Mirella, cozido ele vai ter menos calorias, então pode ser a melhor opção para quem está em processo de emagrecimento.

Outras boas maneiras de conseguir os benefícios do ovo caipira são:

  • Mexido com bom azeite e ervas naturais (cheiro verde, orégano, salsa, salsinha, orégano, majerição)
  • Mexido cremoso com requeijão ou queijo (atenção apenas à gordura elevada)
  • Omelete com tomates (ótimo preventivo para saúde por causa do licopeno do tomate)

Vale lembrar que o alimento deve sempre ser consumido com moderação, pois, em exagero, o ovo pode ser prejudicial.

Há algum malefício ou contraindicação?

Como mencionado, em exagero o ovo pode sim ter malefícios, como o aumento do colesterol. Isso sem contar que, se consumido cru ou feito em baixas temperaturas, há o risco de salmonella.

Além disso, especificamente o ovo caipira tem alguns riscos a mais, como o fato de que ele estraga mais rápido e tem um maior risco de contaminação. "Ele tem mais risco de contaminação microbiológica, pois a ave está em seu habitat natural, com mais sujidade", diz a especialista.  

Por fim, vale lembrar que pessoas com alguma doença que restrinja a quantidade de proteínas ou que tenha a ver com colesterol podem ser aconselhadas a evitarem o ovo. Então converse sempre com seu nutricionista para entender o melhor caminho.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade