0

Pratos típicos de Pernambuco: confira 10 receitas

Para saber mais sobre a culinária pernambucana: conheça 10 pratos típicos do estado do Pernambuco, no Nordeste do Brasil, e fique com água na boca

18 out 2019
16h09
  • separator
  • 0
  • comentários

O estado de Pernambuco fica no Nordeste do Brasil e faz divisa com a Paraíba, o Ceará, a Bahia, o Alagoas e o Piauí. É muito conhecido pela riqueza cultural e pelas belezas naturais presentes no estado. Sua gastronomia também é uma das principais culinárias do Brasil, sendo muito rica em sabores, que valoriza os ingredientes típicos do Nordeste e a história dos alimentos. Com muita influência das gastronomias portuguesa, africana e indígena, a culinária pernambucana é um patrimônio nacional que representa muito bem o país. Confira uma seleção de 10 pratos típicos de Pernambuco:

Conheça um pouco mais sobre a culinária pernambucana
Conheça um pouco mais sobre a culinária pernambucana
Foto: Shutterstock / TudoGostoso

Pratos típicos de Pernambuco: confira 10 receitas

Buchada

Um dos pratos mais tradicionais e conhecidos do Nordeste brasileiro, a buchada é feita com o bucho (estômago) de bode ou carneiro, recheada com picadinho de sangue coagulado, tripas e fígado, temperados com ervas frescas como coentro, salsinha e hortelã, além de pimenta, alho, cebola e temperos diversos. É tradicionalmente servida com mandioca e farofa. Por ser uma receita muito única, não agrada a todos, mas é cheia de sabores incríveis que representam muito bem a culinária nordestina.

Sarapatel

O sarapatel é um prato feito com sangue avinagrado, feito com picadinho de miúdos de porco refogados com bastante tempero e legumes cozidos. É uma espécie de ensopado e tem sua origem em Portugal, porém se popularizou muito no Nordeste a ganhou os sabores típicos nordestinos. É servido com farinha de mandioca ou arroz.

Dobradinha

A dobradinha é muito parecida com o famoso cassoulet: trata-se de feijão branco refogado com bucho e tripas do boi, além de linguiça e legumes. Apesar de ser um prato tradicional da culinária pernambucana, a dobradinha se popularizou muito em outros estados do Brasil, principalmente no Rio de Janeiro. É servida com mandioca, arroz e farofa.

Chambaril

O chambaril é um cozido feito com ossobuco de boi (também conhecido como chambaril) refogado com bastante tempero. É servido junto com pirão feito com o caldo fervente e farinha de mandioca. Também pode ser acompanhado de legumes. Como a carne é cozida junto com o osso, forma-se um caldo cremoso supersaboroso e nutritivo, uma delícia!

Cuscuz nordestino

O cuscuz nordestino faz parte da dieta dos pernambucanos e pode ser encontrado em qualquer restaurante ou padaria de Recife, podendo ser consumido em qualquer refeição. Feito com flocão de milho hidratado, ele é tradicionalmente temperado com ervas frescas, cebola e linguiça cortada em cubinhos. Pode ser servido ainda com ovos, manteiga e queijo coalho ou queijo manteiga. Também tem a versão doce, podendo ser consumido com leite de coco e coco ralado, é uma delícia superprática e fácil!

O famoso cuscuz nordestino pode ser feito de diversas formas
O famoso cuscuz nordestino pode ser feito de diversas formas
Foto: TudoGostoso

Bolo Souza Leão

Um dos mais tradicionais doces da culinária brasileira, o bolo Souza Leão leva esse nome em homenagem à família criadora da receita. Trata-se de um bolo feito com massa de mandioca, leite de coco, açúcar manteiga e ovos, tendo assim uma consistência cremosa, parecido com um pudim mais firme, e coloração amarelada. Dizem que as primeiras receitas eram hipercalóricas (levando 24 gemas) e preparadas com ingredientes europeus, sendo logo substituídos por ingredientes nacionais produzidos nos engenhos do Brasil colonial.Hoje a receita é considerada Patrimônio Cultural e Imaterial de Pernambuco, além de muito amada pelos pernambucanos, estando sempre associada a ocasiões especiais e festivas.

Bolo de rolo

Parecido com o rocambole, o bolo de rolo é feito com uma massa finíssima de pão de ló e goiabada cremosa, às vezes com açúcar polvilhado por cima. Também é considerado Patrimônio Cultural e Imaterial de Pernambuco, mas é muito conhecido por todos os brasileiros, que amam e consomem ao redor de todo país, o que também possibilitou a criação de infinitos sabores diferentes ? mas o tradicional é o de goiabada. Em restaurantes, costuma ser servido com queijo ou sorvete de creme.

Pamonha doce

Muito típica das festas de São João, a pamonha doce é feita com milho ralado, açúcar, leite e leite de coco. É tradicionalmente embrulhada na própria palha da espiga do milho, parecendo uma trouxinha. Apesar de muito conhecida em todo país, essa delícia é típica de Pernambuco e está sempre presente na hora do cafezinho do pernambucano, seja de manhã ou de tarde.

Bala de banana

Popularmente conhecida como "nego bom", a bala de banana é feita com banana, açúcar e limão. Tradicionalmente feita em grandes caldeirões, é feita a partir de bananas amassadas que cozinham com açúcar até caramelizarem, ficando com uma cor escura e consistência cremosa. Depois, adiciona-se o limão e serve-se em pequenas porções enrolada com açúcar e às vezes canela. Apesar de parecer com a bananada, é mais cremosa

Cartola é um dos doces mais tradicionais da culinária de Pernambuco
Cartola é um dos doces mais tradicionais da culinária de Pernambuco
Foto: Shutterstock / TudoGostoso

Cartola

Cartola é um doce superpopular em Pernambuco e muito consumido pelos pernambucanos. É uma receita prática e rápida de fazer, e cada família tem um jeitinho especial de fazer. Banana frita na manteiga de garrafa, queijo coalho ou queijo de manteiga tostado, açúcar e canela por cima são os ingredientes dessa delícia que carrega sabores do Nordeste brasileiro, além de ser considerada Patrimônio Imaterial de Pernambuco.

TudoGostoso
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade