0

Café solúvel: confira como é feito

Confira no blog do TudoGostoso como é feito o café solúvel: confira quais são as etapas de produção e saiba mais sobre esse produto

27 out 2019
16h54
  • separator
  • 0
  • comentários

O café é um dos produtos de maior importância do Brasil para exportação: o nosso país é reconhecido no mundo inteiro como um produtor de café de qualidade. Além disso, o famoso cafezinho faz parte da vida do brasileiros desde o início da história do país, tendo sido sempre um produto de altíssima importância. Com a modernização das grandes empresas e a tecnologia, novos métodos de fazer café foram inventados e o café solúvel é um deles. Por ser prático e não necessitar ser coado, o café solúvel é o preferido de quem não tem muito tempo de manhã e não dispensa o bom e velho cafezinho. Além disso, ele é muito utilizado na culinária pela praticidade e sabor concentrado. Por isso, confira como é feito o café solúvel:

Saiba mais sobre o café solúvel
Saiba mais sobre o café solúvel
Foto: Shutterstock / TudoGostoso

O que é, afinal, o café solúvel?

O café solúvel, também conhecido como café instantâneo, é uma forma mais prática de se preparar café, pois não necessita de filtragem, como o pó de café comum. Ele é feito a partir da moagem e processamento do grão, além de diversas etapas de desidratação. Além disso, por ter baixa umidade, o café solúvel é mais durável que o pó de café comum, conservando seu sabor e qualidade por mais tempo.

Como é feito o café solúvel?

O café solúvel é feito em quatro etapas: a torragem, a moagem, a extração e a secagem. Primeiro, os grãos de café são selecionados e inseridos crus em cilindros especiais que vão elevar a temperatura até que o grão estoure, como uma pipoca, saindo torrado. Em seguida, os grãos são moídos em máquinas especiais, de maneira que sejam milimetricamente cortados.

Em seguida, os grãos passam pelas etapas de extração e secagem. Na extração, o pó moído é hidratado, passando por um processo de imersão em água. Essa etapa serve para concentrar e preservar os sabores e aromas do café, fazendo com que seus compostos se tornem líquidos. Já na secagem, a etapa mais importante e que difere o café solúvel do café normal, os grãos são desidratados e saem prontos para serem embalados.

Essa etapa pode ser feita de duas maneiras: congelamento e pulverização, sendo o primeiro o mais usado no mundo inteiro. No congelamento, o extrato concentrado de café é colocado em câmaras especiais que o transformam em cristais de gelo, que logo são aquecidos, fazendo com que a água evapore totalmente e sobre apenas o extrato seco. Já na etapa de pulverização, o extrato concentrado de café é pulverizado por uma máquina especial que faz com que o extrato perca a água e fique seco.

TudoGostoso
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade