PUBLICIDADE

Entradinha de bacalhau fácil

Aprenda a preparar uma entradinha de bacalhau fácil de fazer e deliciosa

10 jun 2021 22h00
| atualizado em 1/7/2021 às 14h56
ver comentários
Publicidade

O segredo dessa entradinha de bacalhau é que ela utiliza apenas uma pequena quantidade do peixe.  Assim você pode fazer com  cento e cinquenta gramas de bacalhau salgado um prato delicioso. Depois de pronto ele deve ser deixado na geladeira para ser servido bem fresquinho e acompanhado de torradinhas bem finas. A entradinha de bacalhau é uma boa maneira de se matar uma vontade sem ter muito trabalho. Afinal é muito mais simples dessalgar pequenas quantidades. E, com isso, também é bem mais barato.

Entradinha de bacalhau
Entradinha de bacalhau
Foto: Marcia Zoladz / Cozinha da Marcia

De onde vem o bacalhau

O bacalhau, cujo nome científico é Ghadus morua, já foi um peixe barato devido ao enorme volume de peixes disponíveis. A grande particularidade do bacalhau é que a fim de conservá-los por mais tempo depois de pescados são limpos, salgados e secos ao ar livre. E podem ser conservados por muito tempo sem estragar.

Porém o excesso de pesca durante tanto tempo acabou por ameaçar a espécie que quase desapareceu. Só para se ter uma ideia, os portugueses já atravessavam o Oceano Atlântico de Portugal até a costa do Canadá para pescá-los ao final da Idade Média, no século XV.

Por aqui ele é mais conhecido como bacalhau do Porto, uma cidade no Norte de Portugal, apesar do seu ambiente natural ser em águas bem frias. Os cardumes, ainda hoje se localizam na costa leste do Canadá, e na Europa do Norte - na Irlanda,  na Escócia e na Noruega. Mas, como a espécie quase desapareceu, em 1993 a sua pesca foi proibida.

Uma pesquisa em 2015 revelou que o número de peixes vem aumentando progressivamente. E o resultado é tão positivo, que calcula-se que até 2030 os cardumes possam voltar ao seu volume original. Enquanto isso, algumas peixarias ainda tem licença de pesca, porém com volumes menores e bem controlados. Por isso seu preço é tão alto.

Receita

Porções: 4

Tempo de preparo: 30 minutos + 8 horas de molho

Ingredientes:

  • 1 / 2 xícara | 150 g de bacalhau salgado
  • 3 colheres de sopa de azeite extravirgem
  • 1 colher de sopa, ou um pouco mais, se preferir utilize uma mistura de ervas frescas,
  • pode ser tomilho, coentro, alecrim e salsa picadinhas
  • 1 dente de alho
  • 1/ 4 de pimentão vermelho sem as sementes e a parte branca
  • pimenta-do-reino a gosto
  • 1/ 2 colher de chá de sal
  • 1 / 2 colher de sopa de açafrão da terra (cúrcuma) em pó
  • 1 limão Taiti

Instruções:

  • Na hora de escolher o bacalhau, se for possível, pegue um pedaço sem pele e mais alto.
  • Comece dessalgando o bacalhau: lave-o em bastante água para soltar o sal que fica em volta. Em seguida deixe-o de molho em pelo menos dois litros de água de um dia para o outro. Troque a água algumas vezes, e se o dia estiver quente, deixe-o de molho na geladeira.
  • Na hora de preparar a receita, jogue fora a água onde o bacalhau ficou de molho. Ferva o pedaço de bacalhau em nova água, aproximadamente dois litros de água, por dez minutos, talvez um pouco mais tempo, até ficar macio. Escorra a água. Prove para verificar a quantidade de sal. Precisa estar completamente sem sal. Se ainda estiver salgado, ferva mais uma vez por mais dez minutos.
  • Desfie o pedaço de bacalhau separando os pedaços com a ponta dos dedos, puxe levemente como se fosse esticá-lo.
  • Aqueça o azeite, acrescente o dente de alho descascado e levemente amassado. Quando o alho cheirar, junte o bacalhau desfiado, o açafrão da terra e sempre mexendo, tempere com sal pimenta.
  • Molhe com meio copo de água de cada vez, e sem parar de mexer, junte as ervas picadinhas, prove o sal e a pimenta.
  • Acrescente por último o pimentão cortado em tirinhas bem finas, e em seguida em pedacinhos. E por último misture a cenouras descascada e também cortada primeiro em tirinhas e depois em pedacinhos.
  • Tampe e desligue o fogo.
Cozinha da Marcia
Publicidade
Publicidade