PUBLICIDADE

Conserva de sardinhas no azeite

Sardinhas preparadas no azeite como conserva

9 nov 2021 14h03
| atualizado em 1/12/2021 às 22h45
ver comentários
Publicidade

A conserva de sardinhas no azeite é uma receita tradicional da culinária carioca, ainda que ande meio esquecida.  Antigamente alguns restaurantes e botequins faziam suas próprias conserva para servi-las com o couvert da casa, ou eventualmente como tira-gosto. As sardinhas ficam tão gostosas que, na minha opinião, essa receita merece ser revisitada. A conserva também dura bastante tempo na geladeira.

Conserva de sardinhas no azeite
Conserva de sardinhas no azeite
Foto: Marcia Zoladz / Cozinha da Marcia

O modo tradicional de servir a conserva de sardinhas no azeite é com fatias de pão francês e uma salada mista. Exatamente como aquelas servidas nos botequins junto com o PF (prato feito), com alface lisa, tomate, cebola, e algumas vezes com rodelas de palmito.

Uma outra maneira para se aproveitar as sardinhas é nas cobertura de pizzas. Elas também podem ser usadas como parte de um molho para uma salada de batata ou de folhas verdes. Para preparar o molho amasse meia sardinha em uma xícara de azeite, misture duas colheres de sopa de vinagre de vinho branco, e tempere com sal.

O grande segredo dessa receita é lavar muito bem as sardinhas na água corrente. Retire todas as impurezas. Explico como fazer isso no modo de preparo a seguir.

Receita

Porções: 12 porções

Tempo de preparo: 10 minutos

Ingredientes:

  • Para 12 porções
  • 6 sardinhas compradas já limpas
  • Suco de um limão
  • 1 colher de chá de sal
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 / 4 de xícara de vinagre de vinho branco
  • 2 folhas de louro
  • 1 / 2 colher de chá de sementes de erva-doce
  • 3 xícaras de água
  • 1 xícara ou um pouco mais de azeite de oliva para conservar as sardinhas

Instruções:

  • As sardinhas precisam ser previamente limpas para a conserva ficar bem gostosa. Por isso, ainda na peixaria peça para cortarem a cabeça e abrirem a barriga para limpar as víscera e retirarem a espinha dorsal.
  • Primeiro lave as sardinhas muito bem, passe a ponta de uma faca para retirar o resto de sangue pisado da barriga. Em seguida lave-as em uma tijela com água e o suco de um limão. Escorra.
  • Prepare o tempero misturando o sal, os dentes de alho esmagados e a erva doce com duas colheres de sopa de azeite em um potinho e depois esfregue-o nas sardinhas.
  • Guarde-as em um recipiente de pirex coberto com filme plástico por algumas horas na geladeira. Eu as deixei, depois de temperadas,  de um dia para o outro na geladeira. Elas devem soltar um pouco de líquido.
  • No dia seguinte, e arrume as sardinhas no fundo de uma panela pequena, é para ficarem próximas umas das outras, três para um lado e três para o outro. Coloque duas folhas de louro por cima. Misture o vinagre, a água e a sobra da marinada das sardinhas. Acrescente a mistura na panela.
  • Ferva as sardinhas por 15 minutos. Durante esse tempo vai subir uma espuma grossa e escura, retire-a com uma colher. Duas ou três vezes devem bastar para acabar com essa espuma e deixar as sardinhas limpas, sem restos de sangue.
  • Retire as sardinhas da panela com uma escumadeira e arrume-as em um recipiente com tampa e cubra com azeite de oliva. Guarde na geladeira. Sirva de entrada ou como tira-gosto com sempre com fatias de pão cortadas bem grossas, generosas!

Notas

As sardinhas para serem preparadas em conserva, e não ficarem com sabor forte, precisam ser muito frescas. Compre-as ou na feira ou em uma peixaria, e se possível, pergunte de onde vieram.

Cozinha da Marcia
Publicidade
Publicidade