PUBLICIDADE

A liberdade individual no Brasil e o feijão

O que o feijão e a tolerância tem em comum

28 jun 2021 12h41
| atualizado em 3/8/2021 às 13h53
ver comentários
Publicidade

Aqui se trata de falar sobre a liberdade individual no Brasil e o feijão. Aparentemente, um pouco desconetados no título, mas muito entrelaçados na vida. Meu pai dizia que quando alguém ataca a sexualidade, o gênero, ou as escolhas amorosas do outro é porque se sente ameaçado. Isso mesmo, não tem coragem de olhar para si próprio (essa era a sua frase). Afinal, quando nos olhamos podemos achar que somos parecidos com as pessoas que desdenhamos. Quem disse que homens e mulheres são apenas homens e mulheres? Todos nascemos com sexualidades diferentes, e reprimi-las e negá-las gera um grau insuportável de violência. Matamos sempre as diferenças.

Feijão preto cremoso
Feijão preto cremoso
Foto: Marcia Zoladz / Cozinha da Marcia

Famílias podem contribuir de duas formas - reprimindo as diferenças - que inclusive não lhes dizem respeito. E sempre saem perdendo. Ou de modo libertador repetindo sempre que as diferenças tem que ser enfatizadas e respeitadas. Sem essa de dizer que temos empatia pelas diferenças de genero. Aliás empatia é a nova maneira de não nos envolvermos com a realidade, e sermos apenas bonzinhos. Todos nós somos LGBTQI+, homens e mulheres - os chamados heterossexuais também podem ser parte desse grupo, desde que entendam que sem as diferenças deixamos de ser humanos. O correto é lutarmos por leis justas para todos. Sempre.

E o que o feijão tem com isso? No Brasil, ele é o único alimento comum a todos, sem separação por gêneros ou por classe social. Natural das Américas, o feijão é fácil de ser plantado tanto em vasos quando em pequenas áreas de solo. E rapidamente transformou-se no alimento  nacional por seu valor nutricional. Atualmente existem milhares de tipos diferentes, distribuídos mundo afora.

A Cozinha da Marcia ensina a seguir uma receita básica de feijão preto . E só porque é o meu predileto. Sou carioca, e lá ele é sempre o rei das mesas.

Receita

Cozinha da Marcia
Publicidade
Publicidade