2 eventos ao vivo

Dicas para preparar peixes e saladas deliciosos

Aprenda o que observar na hora de preparar peixes e comprar os frutos do mar! Veja também como fazer acompanhamentos deliciosos com legumes e verduras

18 abr 2019
10h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Peixes e saladas se complementam e são sinônimos de saúde! O atum, salmão e a sardinha, por exemplo, possuem grandes quantidades de ômega 3, que protege o cérebro e mantém a memória em dia. Confira dicas para para preparar peixes:

Dicas para preparar peixes e saladas deliciosos
Dicas para preparar peixes e saladas deliciosos
Foto: Shutterstock / Guia da Cozinha

Dicas para preparar peixes e saladas deliciosos!

Salmão

Foto: Stela Handa / Guia da Cozinha

Como esse tipo de peixe se desmancha facilmente, o ideal é consumir o salmão em postas grossas ou inteiro. Na cozinha oriental, os filés de salmão são servidos crus, fatiados finamente (sashimis). Para temperar, utilize apenas sal, pimenta-do-reino, suco de limão a gosto e ramos de alecrim.

Tilápia

Foto: Stela Handa / Guia da Cozinha

A tilápia é um peixe muito prático de preparar e pode ser comprada já em filés nos supermercados e sem espinhas. Se preferir, corte os filés em tiras e prepare como um delicioso petisco!

Bacalhau

Foto: Stela Handa / Guia da Cozinha

É um peixe que tem a carne mais firme e pode ser consumido em postas ou desfiado. Porém, é preciso dessalgar o bacalhau antes de preparar, caso contrário, você pode perder toda a receita.

Pacu, pintado e dourado

Foto: Stela Handa / Guia da Cozinha

Geralmente, esses tipos de peixes são preparados inteiros, recheados com farofa ou abertos e cobertos por vinagrete. Como têm espinhas grandes, fica mais fácil de retirá-las.

Peixes enlatados

Espaguete ao alho e óleo com sardinha
Espaguete ao alho e óleo com sardinha
Foto: Stela Handa / Guia da Cozinha

A sardinha e o atum são peixes que podem ser comprados em conserva na água ou no óleo. São práticos e muito saborosos! A sardinha deve ser limpa antes de ser utilizada, pois vem com espinhas e pele. Já o atum deve ser escorrido e já vem levemente salgado.

Olho nos peixes!

  • Guelras: devem ter cor rosa claro e aparência brilhante. Levante as guelras levemente para verificar o seu aspecto.
  • Escamas: devem estar bem presas à pele do peixe. Se elas se soltarem com facilidade, o peixe não está fresco.
  • Olhos: se estiverem fundos, o peixe não está bom para o consumo. Os olhos devem estar salientes e brilhantes, como se ele ainda estivesse vivo.
  • Pele: deve estar firme e elástica. Para saber se o peixe é fresco, aperte a pele com o dedo indicador. Se ela permanecer com a marca do dedo, o peixe não está bom para o consumo.
  • Sempre gelado: na hora da compra, verifique se o peixe está gelado ou congelado, com cheiro suave. Em casa, mantenha-o na mesma temperatura até o momento de preparar.

Saladas perfeitas

As saladas são um excelente acompanhamento para os peixes. Confira dicas para fazer saladas deliciosas:

Foto: Gisele Tesser / Guia da Cozinha
  • Na hora da compra, dê preferência aos vegetais da época, pois eles estão sempre mais bonitos;
  • Os legumes e verduras devem estar frescos, sem manchas ou perfurações;
  • Antes de preparar a salada, lave os vegetais em água corrente para retirar a terra e coloque em uma solução de 2 colheres (sopa) de vinagre ou de água sanitária para cada 2 litros de água. Deixe de molho de 10 a 20 minutos;
  • Tempere as saladas somente no momento de servir, pois as folhas ficam murchas se ficarem no tempero por muito tempo;
  • Os temperos naturais, como suco de limão, azeite e sal são os mais indicados para saladas.

Azeite: ingrediente indispensável!

Tanto no preparo de peixes quanto de saladas, o azeite extra virgem é essencial! Ele é saboroso e possui nutrientes que ajudam a manter a saúde do corpo. Especialistas indicam que a ingestão de 2 colheres (sopa) por dia de azeite ajuda a melhorar a digestão, previne o envelhecimento precoce e vários tipos de câncer.

Guia da Cozinha
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade