0

Benefícios do leite: veja sua importância e quais as vantagens da bebida

24 jun 2020
15h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Guia da Cozinha - Benefícios do leite: veja sua importância e quais as vantagens da bebida
Guia da Cozinha - Benefícios do leite: veja sua importância e quais as vantagens da bebida
Foto: Guia da Cozinha

Conheça os benefícios do leite para uma ter uma boa saúde ao longo da vida

Você já pensou na importância que o leite tem nas nossas vidas? Logo ao nascermos, o primeiro contato que temos, quando se trata de alimentação, é com o leite materno - fundamental para que ganhemos nutrientes e anticorpos nesta primeira fase da vida. E, quando crescemos, continuamos a beber leite - só que agora de vaca - e seus derivados. Sim, porque além da bebida, o leite ainda é responsável pela fabricação de diversos outros produtos que fazem parte da nossa rotina como a manteiga, o creme de leite, o leite condensado, o iogurte.

Muito se discute a respeito da necessidade do consumo do leite durante toda a nossa vida, afinal, somos os únicos seres vivos que continuam a consumir a bebida mesmo após a fase de amamentação. Mas isso só aconteceu, segundo a mais prestigiada revista científica Nature, porque o ser humano - após ter elaborado técnicas de domesticação de animais há milhares de anos - passou por um processo de mutação genética que permitiu ingerir o leite de origem animal sem correr riscos à saúde. Essa mutação genética passou de geração para geração e pronto, eis a chamada "Revolução do Leite".

Leite, por que te quero?

Quando falamos dos benefícios do leite, não estamos falando apenas em consumir a bebida no dia a dia para a ingestão de cálcio. O leite é capaz de reduzir a pressão arterial, prevenir a síndrome metabólica e também ajuda no combate do Diabetes tipo 2. Nós também ingerimos diversos derivados do leite em receitas, já que a bebida é um ingrediente muito versátil na gastronomia e, com isso, nossa dieta fica ainda mais rica e a chance de consumirmos mais nutrientes aumenta.

Mas, atenção aos tipos de leite que você consome. Ao optar pelo leite integral, você também estará consumindo as gorduras do leite mesmo após o processo de industrialização, então ele é mais aconselhado para quem possui uma dieta mais saudável. Agora, o leite desnatado perde essas gorduras mas também algumas vitaminas como A e D.

Além disso, um dos principais benefícios do leite é a quantidade de proteína. Para quem mantém uma vida agitada com muitos exercícios em sua rotina, consumir leite ajuda a regenerar os músculos após o treino. O leite ainda contém caseína e soro, mesmos princípios ativos do whey protein.

Outras fontes de cálcio

Você deve estar pensando "tudo bem, mas outros alimentos podem nos dar mais cálcio que o próprio leite", certo? De fato, hortaliças da cor verde escuro possuem uma concentração alta do cálcio mas, em questões de absorção, nosso corpo consegue aproveitar 30% de cálcio vindos do leite contra, apenas, 5% vindos do espinafre, por exemplo. Então, para você ter uma mesma quantidade de cálcio vinda de um copo de leite, você teria que ingerir uma porção enorme de espinafre.

Alternativas

Nem todas as pessoas estão aptas a consumirem o leite animal e seus derivados, em decorrência de uma alergia da proteína do leite de vaca (APLV), ou intolerância à lactose. É necessário fazer uma investigação desse quadro, porque não necessariamente a pessoa deverá cortar de uma vez os laticínios, mas se atentar a quantidade consumida. Por isso, é importante ter uma opinião médica a respeito. Se não tiver jeito, atualmente o mercado está cheio de opções de leite vegetais, seja de coco, amêndoas, aveia e muitos outros para você acrescentar na dieta e nas receitas. Uma suplementação também pode ser indicada para que não se perca todos os benefícios que o consumo de leite animal trariam a sua saúde.

Quanto devemos consumir?

As indicações de quantidade variam de acordo com cada fase da vida. As doses diárias para um adulto é de 1000 mg por dia. Já para um adolescente, a recomendação seria de 1300 mg/dia. Todo esse consumo pode ser feito tanto pela bebida quanto pelos derivados. Um estudo feito em 2018 pela Fundação Internacional de Osteoporose (IOF, na sigla em inglês) mostrou que o Brasil está na 47° lugar no ranking de consumo diário, com uma dose de apenas 505 mg.

Neste estudo, o brasileiro só estaria consumindo cálcio na parte da manhã com o leite e a manteiga. Por isso, é necessário ter uma variedade de laticínios na dieta ao longo do dia. Assim, você consegue suprir a quantidade necessária para a sua saúde sem uma monotonia alimentar. Para ter uma saúde forte, não basta apenas ter os benefícios do leite na dieta, portanto, procure sempre um profissional de saúde para acompanhar quais as suas necessidades diárias.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Guia da Cozinha
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade