0

Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces

23 jul 2020
17h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Foto: Guia da Cozinha

Quando a vontade de comer doce bater, lembre-se dessas dicas!

Quem aí nunca se rendeu a um doce em um dia pesado, para comemorar algo, para ficar mais feliz ou, simplesmente, porque estava morrendo de vontade? Pois bem, consumir doces em si não é lá um grande pecado. O problema está no consumo excessivo, quando arranjamos qualquer desculpa para um bolo de chocolate cheio de calda, por exemplo. A preocupação não está em exagerar uma ou duas vezes no mês, mas precisa ser um alerta quando esse hábito se torna frequente e pior, imperceptível para quem está consumindo.

Sabemos o quão difícil é resistir a vontade de comer doce, mas isso não pode se tornar impossível. É fato que os açúcares e carboidratos liberam substâncias no nosso cérebro que proporcionam sensações de prazer como recompensa. No entanto, não vá pensando que a solução para esse desejo por doces é radicalizar e riscá-los de uma vez por todas da sua dieta. A ideia aqui é moderar e descobrir os principais fatores que podem estar desencadeando um consumo excessivo. Não estamos falando de compulsão alimentar, pois nesse caso, sempre indicamos uma conversa com seu médico de confiança para que você esclareça suas dúvidas e tenha um diagnóstico preciso.

Por isso, vamos tentar te ajudar a identificar algumas situações em que a vontade de comer doce é mais frequente. Deste modo, você consegue ter consciência desse desejo e não se prejudicar comendo muito mais doces do que deveria. Olha só:

Fuja das dietas restritivas

As chamadas dietas restritivas costumam cortar de vez os açúcares e carboidratos do seu dia a dia. No entanto, elas podem aumentar e muito a vontade de comer esses alimentos e, quando voltamos a consumi-los, a tendência ao exagero tende a ser pior. Esses alimentos são importantes para o organismo, logo, retirá-los por completo pode ser muito perigoso. Nesse caso, a dica é o consumo ponderado e consciente. A completa privação não é recomendada. Você pode acrescentar no cardápio frutas e, aos poucos, uma quantidade menor de doces e carboidratos.

O que os olhos não vêem…

Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Foto: Guia da Cozinha

Você, por um acaso, tem um docinho em todos os lugares para onde você vai? Na mochila, na gaveta do trabalho, no armário da cozinha, no carro… Se esses alimentos está sempre ao alcance das mãos, um ciclo vicioso pode acontecer. Para diminuir a vontade de comer doce e, consequentemente, seu consumo, é preciso deixar as guloseimas bem longe de você - para o seu próprio bem. Só de saber que você tem um doce por perto e pode pegá-lo facilmente, isso torna-se uma verdadeira tentação que só traz malefícios.

Questões emocionais

Se você está triste, o brigadeiro é uma ótima forma de consolo, né? Quando o nosso emocional está abalado, nosso cérebro sabe que com alimentos ricos em açúcar, aquela sensação de bem estar e de prazer podem ser facilmente alcançadas. Mas, é preciso estar atento pois a comida, por mais que seja um bom remédio para certas situações, não é a cura dos seus problemas. Quando questões emocionais estão ligadas ao consumo de açúcares, carboidratos e gorduras, a tendência de desenvolver uma compulsão alimentar pode ser considerável. Por isso, se a única solução para amenizá-los é a comida, procure uma orientação médica adequada.

Outras formas de conciliar os sentimentos e dar a volta por cima e apostar em atividades prazerosas, seja em uma prática esportiva, na dança, na leitura, jardinagem. Atividades como essa também vão liberar endorfina e você se sentirá bem sem precisar atacar a geladeira.

Substitua!

Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Guia da Cozinha - Aprenda 5 maneiras de lidar com o desejo por doces
Foto: Guia da Cozinha

Já falamos aqui sobre a importância de não se privar. Mas, se você quer dar uma controlada no açúcar, tente achar alguns substitutos para aqueles momentos mais difíceis. As frutas são sempre uma ótima pedida durante os lanches, como a banana, a maçã, pera. Já as secas, por exemplo, são ótimas alternativas para um paladar desesperado por doces. Mas, vai com calma, porque elas também são calóricas. No caso do chocolate, vale comer aquele pedacinho diário, basta optar pelo cacau 70% que é muito mais saudável que os tipos ao leite ou branco, por exemplo. Reduzir a quantidade de açúcar do cafezinho ou troca-lo pelo adoçante podem ajudar o paladar a se desacostumar dos açúcares no geral!

Doces sonhos

Como andam suas noites de sono? Elas podem dizer muito sobre a sua vontade de comer doces! Quando temos não dormimos bem ou muito pouco, o nível de cortisol - hormônio ligado ao estresse - começa a se elevar. Logo, quando a irritação vêm, o que é que pode te deixar feliz? Um doce! Por isso, é importante estar atento ao seu sono. Tente dormir sempre no mesmo horário, evitar cafeína na parte da noite, desligar os aparelhos eletrônicos 1 hora antes de ir pra cama e só se deitar quando tiver sono. Disciplina e rotina são fundamentais para não extrapolar nos alimentos calóricos e ricos em açúcar!

Veja também:

Já pensou em um drinque para a noite de Natal ou Reveillon?
Guia da Cozinha
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade