PUBLICIDADE

Evento gratuito mostra criação de espetáculo a partir de relações com artistas indígenas

Artistas e espectadores se reúnem no Goethe-Institut São Paulo para processo de peça 'Antes do Tempo Existir'

3 mai 2022 05h10
ver comentários
Publicidade

Imagine participar do processo criativo de um espetáculo? O Goethe-Institut São Paulo promove uma série de encontros para discussão da criação da peça Antes do Tempo Existir, que investiga as possibilidades de um teatro concebido a partir de relações com artistas indígenas por meio da incorporação da compreensão do tempo, cosmogonia e forma intrínseca de experienciar a vida.

O espetáculo traz a concepção de que, antes mesmo do tempo existir, a memória longínqua e originária dos povos indígenas sempre mostrou a complexidade da vida e a necessária reciprocidade das existências no planeta. É dessa forma que esses povos reverenciam a beleza do mundo em seus corpos, dançando e cantando para entrar no ritmo do planeta. É um lugar de conexão onde o vento, o animal, o vegetal, os espíritos da floresta, a chuva e os humanos são seres que acessam seus habitats e alimentos.

O processo cênico tem direção-geral de Andreia Duarte, em uma criação compartilhada com os artistas indígenas Denilson Baniwa e Lilly Baniwa, com a presença de Kenia Dias e Ricardo Alves Júnior. O projeto tem apoio cultural do instituto alemão e da Biblioteca Mário de Andrade e é uma realização da produtora Outra Margem, Ministério do Turismo e da Secretaria Municipal de Cultural de São Paulo através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

Durante o período em que recebe o grupo, o Goethe-Institut promove eventos gratuitos para o público entrar em contato com as experiências e conceitos trabalhados, que fazem parte desta pesquisa cênica que tem como base a epistemologia e práticas apontadas por pensadores indígenas.

No dia 3 de maio, às 19h, Denilson Baniwa, Andreia Duarte e Kenia Dias participam da conversa "Antes do tempo existir - O teatro que queremos", apresentando as bases teóricas que norteiam o processo. A palestra "O protagonismo do vento", com Baniwa e Lilly, apresenta ao público concepções indígenas sobre a relação do homem com a natureza no dia 7 de maio, às 19h. E no dia 9 de maio, às 19h, o processo de criação cênica será aberto ao público, que poderá conferir ao vivo a experiência criativa do grupo, além de conversar sobre o que assistiu e tirar dúvidas logo na sequência.

Serviço:

Antes do tempo existir - etapa do processo de criação do espetáculo

Onde:

No Goethe-Institut São Paulo

Endereço: Rua Lisboa, 974, Cerqueira César

Programação aberta ao público (basta comparecer no horário do evento):

Quando: Na terça, dia 3 de maio, às 19h

Conversa "Antes do tempo existir - o teatro que queremos"

Com Denilson Baniwa, Andreia Duarte e Kenia Dias

Grátis

Quando: No dia 7 de maio, às 19h

Palestra "O protagonismo do vento"

Com Denilson Baniwa e Lilly Baniwa

Grátis

Quando: No dia 9 de maio, às 19h

Abertura de processo seguida de conversa com o público

Grátis - vagas limitadas

Estadão
Publicidade
Publicidade