PUBLICIDADE

Como definir o estilo de decoração da sua casa

Especialista dá dicas de decoração e explica como escolher qual estilo usar na sua casa

12 mai 2022 18h02
ver comentários
Publicidade
Veja o que considerar na hora de definir o estilo da decoração do seu lar
Veja o que considerar na hora de definir o estilo da decoração do seu lar
Foto: Shutterstock / Alto Astral

São tantas as opções possíveis para decorar a casa que, às vezes, pode parecer difícil escolher um estilo, não é mesmo? Porém, essa é uma definição que pode ser importante caso você queira garantir que a decoração de toda a sua casa fique com o mesmo ar e evitar que ela acabe ficando com muita informação diferente. Por isso, veja a seguir algumas dicas da designer de interiores Fernanda Olinto para definir o estilo de decoração da sua casa:

Pesquisa

Primeiramente, é uma boa ideia fazer uma pesquisa e buscar referências de locais e objetos de decoração dos quais você goste. Nesse momento, pode ser interessante até juntar as imagens que você mais curtir em um moodboard, seja ele digital ou físico.

Porém, apenas as imagens que você encontrar na internet, por exemplo, podem não ser o suficiente. "A pesquisa é essencial, mas não só imagens virtuais, junte também as referências de espaços dos quais já esteve pessoalmente. Avalie o estilo daqueles em que você gostou de estar e comece a entender o seu próprio. É importante estar presente para sentir o espaço conforme o vivenciamos, pois, às vezes o que é bonito em foto não combina com sua personalidade e necessidades", explica Fernanda.

Estilos mais apreciados pelos brasileiros

Apesar de ser importante descobrir, por meio da pesquisa, qual o seu estilo próprio de decoração, existem dois que, no geral, são muito amados pelos brasileiros — o contemporâneo e o moderno. E o melhor é que esses dois estilos se adaptam bem inclusive em espaços reduzidos, então você pode aproveitá-los independentemente do tamanho do seu lar.

"O contemporâneo é a mistura de pelo menos dois estilos e é o que mais se vê e o que mais atrai as pessoas, pois é atual, é dinâmico, é o que vivemos hoje e pode ser que ganhe um nome próprio no futuro. Já o moderno é mais fácil de agradar, é mais geométrico e de tons neutros.", comenta a especialista. Ainda segundo ela, o estilo moderno também é mais econômico e fácil de executar e manter, já que ele costuma ser mais minimalista.

A decoração moderna é uma das mais escolhidas pelos brasileiros atualmente - Shutterstock
A decoração moderna é uma das mais escolhidas pelos brasileiros atualmente - Shutterstock
Foto: Alto Astral

Mais de um estilo

Vale lembrar também que nem sempre a casa precisa focar em apenas um estilo de decoração, sendo possível mesclar dois deles, sempre pensando no equilíbrio, é claro. "Desde que ambos sejam utilizados em uma mesma 'quantidade', é possível. O equilíbrio entre eles conta neste caso. Um ambiente muito clássico, somente com uma peça moderna, por exemplo, pode ficar desconexo. Porém, um ambiente com várias peças modernas e acabamentos clássicos pode fazer sentido visualmente", diz Fernanda.

Personalidade e gosto pessoal

Por fim, não se esqueça que o que mais importa é o seu gosto pessoal e a personalidade que você deseja trazer para o seu lar. Afinal, a decoração da casa precisa agradar, acima de tudo, a quem vai vê-la todos os dias, não é mesmo? Assim, pense nas suas necessidades e na personalidade sua e das outras pessoas que moram com você antes de escolher o estilo de decoração da casa.

Fonte: Fernanda Olinto, designer de interiores.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade