6 eventos ao vivo

Tratamento a laser promete reduzir até 75% das estrias

O sistema, que consiste em furos microscópicos na pele, foi aprovado nos Estados Unidos

15 abr 2014
07h34
atualizado às 09h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Getty Images

Uma nova terapia a laser que trabalha com furos microscópicos na pele está sendo apontada como a solução para acabar com as estrias, sem muito sofrimento. O sistema Icon é o primeiro tratamento a ser aprovado pela Food and Drug Administration dos EUA. As informações são do Daily Mail.

Estima-se que 90% das mulheres sofram com estrias durante a gravidez. O laser é fracionado, com o calor, para criar canais microscópicos profundos na pele e deixar a superfície quase intocada. As lesões quebram o tecido das cicatrizes e estimulam um processo de regeneração natural. A redução acontece de 51% a 75%. O tratamento pode ser usado contra acne e queimaduras.

O diretor médico de uma clínica em Londres, Tapan Patel, disse que o método pode tratar diversos tipos de cicatrizes. Uma das vantagens é a quase ausência de dor e a recuperação rápida da pele: não mais do que quatro semanas. Geralmente, são necessárias de duas a seis sessões, com custo de cerca de R$ 1.295 cada, feitas com intervalos de quatro a oito semanas.


 

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade