0

Tratamento 3D rejuvenesce sem levantar suspeita de plástica

27 jan 2014
07h13
atualizado em 25/2/2014 às 12h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ainda melhor que suavizar as linhas de expressão que insistem em aparecer no rosto com o passar dos anos é alcançar um resultado positivo que não evidencie a busca pelo procedimento estético. Neste caminho, o moderno Rejuvenescimento 3D promete naturalidade ao tratar três camadas faciais que determinam o envelhecimento da aparência: pele, tecido subcutâneo e músculo.

Rápido, o tratamento é finalizado em, no máximo, três sessões, com intervalo de poucos dias entre uma e outra, obtendo resultados visíveis logo na primeira vez. “A composição correta de procedimentos traz um aspecto de regressão dos anos, ou seja, o paciente volta a ter a qualidade da pele, os ângulos e os volumes da face jovem, por isso não apresenta ‘aspecto de procedimento’ ao final”, afirma Rafael Perin Arpini, especialista em Medicina Estética pela International Association of Aesthetic Medicine e diretor-médico do Grupo Unique.

Minimamente invasivo e com tempo de recuperação baixo, o conjunto de processos é composto por toxina botulínica, implante de ácido hialurônico e laser de CO2 fracionado. De acordo com a característica de cada paciente, como idade e tipo de pele, ainda podem ser incorporados à batalha anti-idade fios de tração e radiofrequência.

Indicações
A técnica pode ser adaptada para diferentes idades, desde pacientes jovens que buscam um efeito preventivo até a pessoa maduras que buscam algo potente. “Alguns chegam ao consultório buscando tratar uma linha ou ruga específica e na consulta explico que o envelhecimento não é pontual, mas, sim, composto de diversos fatores que são melhorados com o Rejuvenescimento 3D”, diz Rafael.

Apesar do efeito tentador, o método deve ser evitado por gestação, pessoas que apresentem hipersensibilidade a alguma das substâncias utilizadas e doença ativa ou crônica. “Por isso é imprescindível uma consulta médica completa antes da realização do tratamento. Ela minimiza os riscos para próximo do zero, torno-o extremamente seguro”, defende.

 

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade