PUBLICIDADE

Depilação com cera pode manchar as axilas; entenda

10 set 2013 07h12
| atualizado às 07h12
ver comentários
Publicidade

Um dos métodos mais populares de depilação, a cera quente pode causar manchas nas axilas e torná-las mais suscetíveis a problemas cutâneos, como infecções. Isso ocorre porque o produto, seja na versão fria ou quente, tende a provocar o aumento da pigmentação dessa área sensível do corpo em resposta aos fortes movimentos que envolvem o procedimento.

“A pele é agredida pelo efeito mecânico da tração, que sempre retira uma camada do tecido, e também fica irritada devido à temperatura da cera”, explica Maria Paula Del Nero, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Desvende, a seguir, seis afirmações sobre o uso de cera na depilação das axilas.

A depilação com cera pode provocar manchas nas axilas.
Verdade.
A depilação agride a pele e pode ter como resposta o aumento da pigmentação, especialmente em pessoas que já têm predisposição a melasmas. A cera quente oferece um risco ainda maior, pois além dos fortes puxões, a pele sofre com a alteração térmica.

Qualquer tipo de desodorante pode ser utilizado após o processo.
Mito.
Deve-se evitar o uso de qualquer tipo de desodorante num intervalo de 12 horas, uma vez que a pele está sensível e pode sofrer com irritações. Produtos com álcool em sua composição devem ser evitados até mesmo após esse período mínimo para preservar as axilas.

A exposição solar após o procedimento deve ser evitada.
Verdade.
Porque além de poder haver resíduos de cera, e resultar numa reação química que leva à queimadura, a pele sensibilizada exposta ao sol também se torna vulnerável a manchas.

Não há problema em realizar o método em uma pele já manchada.
Mito.
Além de já ter demonstrado ser mais suscetível ao problema, uma pele com manchas pode ser ainda mais prejudicada com a repetição do uso da cera.

Peles escuras estão mais propensas às manchas.
Verdade.
Peles morenas e negras têm predisposição ao incômodo, devido à maior produção de melanina, por isso devem ser submetidas a métodos alternativos à cera para não sofrerem com alteração no tom da axila.

A cera não pode ser reutilizada.
Verdade.
O produto não deve ser reutilizado de forma alguma, pois há o risco de causar uma infecção bacteriana ou uma infecção fúngica, resultando em micose e manchinhas leves.

PURA VERDADE
A cera retira um pouco de pele e, por isso, pode causar manchas. A alteração na pigmentação natural se dá por causa do impacto mecânico, realizado no arranque, e também pela alta temperatura, no caso da cera quente. Esse tipo de depilação já causou manchas nas suas axilas? Responda nos comentários.

 

Fonte: Agência Hélice
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade