0

Musculação pode provocar estrias em homens; saiba tratá-las

25 nov 2013
07h27
atualizado às 07h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Implacáveis até mesmo entre o público masculino, as estrias podem comprometer pra valer o visual se não forem combatidas a tempo e da forma correta. Provocadas nos homens pelo rompimento das fibras elásticas que sustentam a pele devido a excesso de musculação, alterações hormonais, aumento de peso e até uso de anabolizantes, as listras costumam aparecer, principalmente, nos ombros, na região lombar, nas costas e pernas.

“Assim como nas mulheres, as primeiras têm aspecto avermelhado e são consideradas mais recentes. Em um segundo momento, elas apresentam tom esbranquiçado, mas ainda possuem anexos de pele preservados. No terceiro estágio, as estrias em homens são as mais avançadas, fibrosas, profundas e espessas”, define Paulo Kogake, médico especializado em estética, membro da Sociedade Brasileira de Laser (SBL). Para se livrar do problema o quanto antes, conheça, abaixo, cinco procedimentos que podem ajudar a acabar com as estrias de forma eficaz.

Peeling de cristal
Indicação: ajuda a combater estrias recentes presentes em todos os tipos de pele.
Benefícios: por meio da abrasão, esfolia a pele e estimula a produção de colágeno, fazendo com que a estria se estreite. Além disso, deixa a epiderme mais fina e promove uma renovação celular suave.
Quantidade de sessões: considerado um tratamento brando, exige cerca de cinco sessões ao todo e o cuidado com a exposição ao sol nos primeiros dias.
Valor por sessão: R$ 100.

Mesoterapia
Indicação: trata estrias mais antigas em todos os tipos de pele.
Benefícios: realizado por meio de uma agulha que injeta enzimas responsáveis por estimular a produção de colágeno e estimular a circulação sanguínea, técnica ajuda a renovar o tecido, fazendo com que as estrias diminuam. Nos primeiros dias, pode deixar o local vermelho e com alguns hematomas.
Quantidade de sessões: entre dez e 15.
Valor por sessão: R$ 150.

Laser fracionado de CO2
Indicação: trata todos os tipos de estria e pode ser aplicado em todos os fototipos.
Benefícios: bastante indicado para o combate às estrias, trata desde as mais recentes até as mais antigas ao criar micropontos de queimadura e atingir o caminho da listra, fazendo com que o tecido se regenere. Também promove a retração das fibras estiradas e estimula a produção de colágeno, reorganizando a estrutura da pele.
Quantidade de sessões: entre quatro e sete, podendo variar de acordo com a gravidade do caso.
Valor por sessão: R$ 600 a R$ 1.000.  

Carboxiterapia
Indicação: combate os diversos graus de estrias em todos os tipos de pele.
Benefícios: com a aplicação do dióxido de carbono medicinal, cuja função é melhorar a circulação sanguínea na região da aplicação, o procedimento percorre o trajeto da estria e estimula a produção de colágeno, melhorando a textura e regenerando o tecido cutâneo e podendo causar hematomas.
Quantidade de sessões: por volta de dez. 
Valor por sessão: R$ 100.

Radiofrequência
Indicação: trata todos os estágios da estria em qualquer tipo de pele.
Benefícios: não invasivo, estimula a produção de colágeno por meio do calor de 40ºC provocado pelo aparelho que também favorece o fibrinogênio (proteína sanguínea produzida pelo fígado que desempenha um papel importante na coagulação do sangue), melhorando a textura da pele, encolhendo as estrias e diminuindo a flacidez.  
Quantidade de sessões: geralmente, de seis a dez sessões.
Valor por sessão: R$ 400.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade