PUBLICIDADE

Acerola e laranja ajudam a combater a acne; veja alimentos

23 abr 2014 13h01
| atualizado em 24/4/2014 às 01h31
ver comentários
Publicidade

Marca registrada da adolescência, a acne também pode atingir alguns adultos após os 25 anos. Esse dano nem sempre está relacionado às alterações hormonais, comuns durante a gestação, no período menstrual ou decorrente da utilização excessiva de cosméticos como a maquiagem. A verdade é que a má alimentação também contribui para o agravamento desse problema.

Segundos pesquisas realizadas ao redor do mundo, o consumo descontrolado de alimentos com alto índice glicêmico faz com que o corpo libere uma enxurrada de insulina e outros hormônios que podem estimular a produção de óleo e inflamar a pele.

Por este motivo, na guerra contra o problema dermatológico, é fundamental retirar do cardápio os itens que agravam o quadro clínico, como doces e laticínios, e incluir os que são mais saudáveis no dia a dia.

“Os alimentos chamados de antioxidantes, ricos vitaminas C, E, selênio e zinco, são sempre uma boa opção porque agem diretamente contra os radicais livres que podem danificar as células sadias do nosso corpo e, ao longo do tempo, provocar a diminuição da imunidade e aumentar os casos de acne e rugas”, informa Marselle Bevilacqua Amadio, professora do curso de nutrição do Centro Universitário Senac, de São Paulo.

Por isso, confira, a seguir, alguns dos principais alimentos que ajudam a prevenir o aparecimento de cravos e espinhas na derme.

Influenciada pela má alimentação, acne pode ser combatida com a inclusão de alimentos antioxidantes no cardápio como acerola, laranja e outras frutas
Influenciada pela má alimentação, acne pode ser combatida com a inclusão de alimentos antioxidantes no cardápio como acerola, laranja e outras frutas
Foto: Shutterstock
Acerola e laranja
Ricas em vitamina C, nutriente responsável por proteger a pele contra as radiações solares e a ação dos radicais livres, elas ajudam a manter a pele sempre rejuvenescida e limpa porque agem como antioxidantes do corpo, sobretudo se forem  consumidas diariamente. Outras frutas como pera, banana, melão amarelo, damasco e pêssego exercem a mesma função. 

Água
Além de hidratar a cútis e deixá-la mais bonita, viçosa e resistente, impede que a produção da oleosidade natural da pele fique desequilibrada, renova o colágeno que depende dela para ter um bom funcionamento e elimina as toxinas e impurezas presentes no organismo. Por essa razão, a ingestão diária de dois litros é fundamental.

Castanha-do-pará (sem sal)
Rica em zinco e selênio, atua como antioxidante, favorecendo o processo de cicatrização e prevenindo o crescimento das bactérias causadoras da acne. Apesar de ainda serem necessários outros estudos para comprovar a real eficácia do mineral no controle das espinhas, o consumo diário deve ser de duas a três unidades do alimento.   

Nozes
Outro integrante do time dos alimentos antioxidantes, conta com a ação da vitamina E, que neutraliza a ação dos radicais livres, responsáveis pelo processo inflamatório da acne. Além disso, possui zinco, magnésio, vitaminas do complexo B e potássio. Para usufruir todos os seus benefícios, pode-se consumir até cinco unidades por dia.

Peixes
Por possuírem grandes quantidades de minerais em sua composição, tipos como salmão, atum, arenque e sardinha têm ação anti-inflamatória, que ajuda na diminuição da acne. Além disso, o óleo extraído de todos eles, rico em ômega 3, também age como um importante inibidor do processo inflamatório. 

Fonte: Agência Hélice
Publicidade
Publicidade