2 eventos ao vivo

Sua pele é oleosa? Esteticista ensina técnicas para cuidá-la com carinho

A esteticista Cristiane Rocha explica como evitar uma pele oleosa.

12 nov 2015
15h44
  • separator
  • 0
  • comentários

A pele oleosa ou lipídica é um biotipo cutâneo caracterizado pelo excesso da produção de sebo (óleo) pelas glândulas sebáceas. Quem tem pele assim sabe a dificuldade que é para conter o excesso de oleosidade, brilho e os óstios dilatados. Além disso é um tipo cutâneo mais vulnerável ao surgimento de acne, por isso cuidados diários e periódicos são fundamentais. Veja como se cuidar!

Thinkstock
Thinkstock
Foto: Vivo Mais Saudável

Não lave o rosto com frequência

Um hábito muito comum é lavar o rosto inúmeras vezes ao dia. Há pessoas que chegam a lavar o rosto de três em três horas, acreditando que através disso, a oleosidade será eliminada. Porém o que ocorre é o oposto, lavar o rosto em excesso desencadeará o efeito rebote e a pele produzirá mais óleo para tentar compensar esta perda.

Como higienizar o rosto

O ideal é higienizar a pele em média três vezes ao dia, evitar leites de limpezas cremosos e produtos que levem álcool na sua formulação. Uma boa opção são os sabonetes faciais com ácido salicílico e enxofre. Após a higienização, é importante uso de um tônico adstringente para além de atuar na oleosidade, reequilibrar o pH cutâneo. Tomar cuidado também quanto a temperatura da água, evitar lavar o rosto com água quente, pois pode remover o manto hidrolipídico e ressecar a pele levando também ao efeito rebote. O ideal é lavar o rosto com água fria.

Evite cremes densos e cremosos

Como a pele oleosa tem muita tendência a cravos (comedões) e espinhas (pústulas), uma dica fundamental é evitar cremes muitos densos e cremosos, optar sempre por produtos com formulação leve, séruns mais fluidos, hidratantes em gel ou gel- creme, filtros solares em gel, não comedogênico e livres de óleo (oil free). Observar nos rótulos termos como “toque seco“efeito mate” que além de não deixar aquele aspecto gorduroso, proporciona um aspecto mais uniforme controlando o brilho exagerado da pele.

Utilize lenços umedecidos

O uso de lenços umedecidos adstringentes e específicos para peles oleosas pode ser uma boa opção durante o dia. Práticos, eles podem ser levados na bolsa e controlam aquela sensação pegajosa. Mas atenção, nada de abusar destes lencinhos e utilizá-los várias vezes, em média duas a três vezes ao dia ajuda no controle do brilho e oleosidade. Ele é indicado para situações em que há necessidade de uma opção prática e urgente, mas não substitui a devida higienização e tonificação diária.

Não durma com maquiagem!

Para as mulheres, uma orientação muito importante é jamais dormir com maquiagem e utilizar sempre demaquilantes, pois somente os sabonetes faciais não removem por completo a maquiagem podendo sobrar resíduos que acabam ocasionando tamponamento dos óstios e desencadeando acne cosmética. Como a pele oleosa já apresenta uma produção exagerada de sebo, este hábito pode piorar o quadro de oleosidade levando ao surgimento de cravos.

Beba água

Beber bastante água e hidratar a pele contribui para que a pele oleosa fique mais bonita e com aspecto saudável. Muitos pensam porque a pele é oleosa não necessita de hidratação, mas lembrem-se que pele oleosa apresenta excesso de óleo e não necessariamente excesso de água, por isso, hidratar é fundamental.

Seguindo uma rotina de cuidados básicos, higienização correta e utilização de produtos específicos, é possível controlar o excesso de oleosidade e manter a pele linda e com aspecto aveludado.

Você cuida da sua pele com carinho? Deixe seu comentário.

Vivo Mais Saudável Vivo Mais Saudável, informação que faz bem.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade