2 eventos ao vivo

Natural, óleo de pequi recupera cabelo maltratado pelo verão

14 mar 2014
07h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Rico em vitamina A e antioxidantes, o óleo de pequi - extraído do fruto de uma árvore nativa do cerrado brasileiro - se tornou mais um daqueles produtos de beleza “coringas” que não podem faltar no nécessaire das mulheres que desejam reparar os danos causados pelos dias quentes de verão nos cabelos e regenerar a sua fibra capilar.   

Com ação anti-inflamatória, que ajuda a diminuir irritações do couro cabeludo para que os fios fiquem saudáveis, hidratados e sem frizz, o ingrediente, que é muito comum na culinária do nordeste, centro-oeste e norte de Minas Gerais, pode ser aplicado de diversas maneiras para oferecer os resultados esperados e mudar a aparência das madeixas em frente ao espelho.

Quem deseja ganhar maciez, por exemplo, pode aplicar a substância nos fios duas horas antes do banho ou passá-lo no cabelo seco antes de dormir e lavá-lo no dia seguinte. Outra opção é utilizá-lo por meio de máscaras capilares. Para isso, basta misturar uma colher (de chá) do óleo em duas colheres (de sopa) do creme hidratante.   

Além disso, também é possível usar o ativo como pré-xampu, para proteger a fibra capilar, sobretudo nos casos em que os fios estão sensibilizados e quebradiços, e como sérum, para controlar o volume. “Independentemente da maneira escolhida, ele contribuirá para que o cabelo fique mais forte, favorecendo o selamento das cutículas e proporcionando a sua reposição hídrica”, ressalta Luizane Cerqueira, especialista em estética e cosmética e gerente técnica da empresa de cosméticos Mutari, de Goiás.   

Por essas razões, o óleo de pequi é ideal para ser usado durante o verão porque cria uma película protetora nas madeixas, atenuando os efeitos causados pela exposição maior ao sol, que desgasta a fibra do cabelo e danifica a queratina.   

Presente em máscaras prontas, cremes para pentear e finalizadores altamente hidratantes, a substância pode ser aplicada uma vez por semana nos cabelos mais ressecados e a cada quinze dias naqueles que estiverem apenas secos ou ásperos.

Veja também:

Fonte: Agência Hélice
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade