0

Saiba quando recorrer à maquiagem definitiva

Saiba como funciona a maquiagem definitiva e quais são os cuidados necessários na hora de optar pela técnica.

12 nov 2015
15h45
  • separator
  • comentários

As mulheres que não saem de casa sem precisam reservar um bom tempo para fazer todos os passos, principalmente quando se trata dos olhos, que exigem mais paciência ainda. Porém, um método surgiu justamente para facilitar essa tarefa e economizar uns minutos: a chamada maquiagem definitiva.

Também chamada de , a técnica pode ser feita em diferentes locais do rosto, durando de acordo com o tipo de material utilizado e também com a região aplicada. Além de ser usada para maquiar os olhos, as sobrancelhas e a boca, também serve para corrigir possíveis falhas e cicatrizes na pele. Entenda como a técnica funciona.

Como numa tatuagem normal, não é possível voltar atrás.
Como numa tatuagem normal, não é possível voltar atrás.
Foto: iStock/Getty Images / Vivo Mais Saudável

Como é feita a maquiagem definitiva

O local mais comum de aplicação da maquiagem definitiva é nas sobrancelhas, em que a técnica é realizada fio a fio, imitando os pelinhos naturais. Com isso, é possível corrigir pequenas falhas e adequar o ao rosto, de forma simétrica e natural.

Nos olhos, a maquiagem é feita como os traços do delineador, nas partes superior e inferior das pálpebras.

A maquiagem definitiva é feita com a aplicação de pigmentos inorgânicos e hipoalérgicos para melhorar os traços e os contornos do rosto. A técnica é semelhante a uma tatuagem, sendo aplicada na pele por meio de uma agulha, traço por traço, como é feito na maquiagem tradicional.

Antes de começar o procedimento, a pele deve ser limpa com produtos antissépticos, retirando-se todas as impurezas e a própria maquiagem. Em alguns casos, pode ser usada uma pomada anestésica no local da aplicação para diminuir o incômodo, mas a varia de acordo com cada pessoa e a sensibilidade da pele. A região costuma ficar inchada e irritada por alguns dias.

O tempo de duração da maquiagem definitiva é variável. Lavando, realmente não sai, mas ela também não dura para sempre. Com o tempo, os traços vão perdendo a pigmentação e ficando mais claros. Isso acontece porque a pele é renovada todos os dias, e fatores como exposição ao sol aceleram esse processo. É indicado, então, que seja feito um retoque de cor a cada cinco anos, em média.

Cuidados e contraindicações

Após a realização da maquiagem definitiva, o processo de recuperação da pele e cicatrização dura em média 40 dias, pois, como a tatuagem, ela é um corte na pele. Enquanto isso, deve ser evitada a exposição direta ao sol, usando-se sempre óculos, chapéu ou algo que cubra o local.

Além disso, o uso de pomadas para ajudar na cicatrização da pele também é indicado. Como ela fica sensível por alguns dias, a maquiagem normal não deve ser usada.

Outro cuidado importante na hora de decidir fazer a maquiagem definitiva é ter certeza de que você quer optar pelo método. Tal qual uma tatuagem, não é possível voltar atrás, a não ser com sessões de laser ou com um bom tempo de espera. A escolha do profissional também deve ser feita com cuidado, pois ele deve ser especializado na técnica.

Vivo Mais Saudável Vivo Mais Saudável, informação que faz bem.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade