0

Gala do MET revive glamour do século passado; veja makes

6 mai 2014
16h15
atualizado às 16h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O tradicional baile de gala do The Metropolitan Museum of Art (MET), que aconteceu ontem em Nova York, marcou a abertura da exposição Charles James: Beyond Fashion, uma homenagem à carreira do primeiro estilista da alta-costura dos Estados Unidos. Por isso, as belas que passaram pelo tapete vermelho escolheram o glamour para dar o tom de seus looks. As maquiagens foram mais clássicas, sem exageros – justamente como deve ser para combinar com os vestidos de princesa.

O maquiador Porfírio Passos, do Studio W Higienópolis, em São Paulo, escolheu e comentou os makes mais bonitos, que podem servir perfeitamente de fonte de inspiração. Para ele, as famosas foram bem democráticas com relação à escolha das cores. Por exemplo, Lupita Nyong'o, atriz vencedora do Oscar 2014, apareceu com um visual mais alegre, que combinava sombra azul e boca na cor vinho translúcida.

Beyoncé valorizou os lábios com um batom vinho-escuro, enquanto que Taylor Swift apostou no laranja. Kirsten Dunst e Anne Hathaway ficaram glamourosas com o clássico vermelho. “A cor lavanda-claro da cantora Rihanna é uma tendência para o ano de 2014 e combina muito bem com a pele morena”, garante Porfírio.

Para destacar o olhar, Blake Lively e Kim Kardashian investiram em sombra esfumada e cílios postiços. Enquanto que Leighton Meester e Michelle Williams preferiram os tons mais neutros.  

Contorno em alta
De acordo com o maquiador, pele com contorno é tendência. “Deixa a maquiagem mais refinada e enfatiza as formas do rosto, afinando o nariz ou a bochecha”, comenta.

Outro truque das famosas é o uso do iluminador em pontos estratégicos, como nas têmporas e no nariz, que garante uma valorização na maquiagem. “Ele tira o ar de pele cansada e ilumina. É como se a celebridade tivesse um holofote próprio”, sentencia o maquiador.  

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
Fonte: Qualitá
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade