1 evento ao vivo

Bem na selfie! Veja make que deixa pele perfeita e emagrece

Paloma Vale, maquiadora oficial da bareMinerals, mostra o passo a passo para diferentes tipos e cores de pele

17 out 2014
15h48
  • separator
  • comentários

Já reparou que na passarela e no tapete vermelho as celebridades estão cada dia mais “fresh”, com maquiagem menos pesada e aquele ar natural de “acabei de sair do banho e sou bonita assim mesmo”? Pois é, isso é reflexo de um movimento mundial por um look mais real e menos fake. “As pessoas não deveriam notar a sua maquiagem, elas deveriam notar a sua beleza. E, depois, querer saber até que ponto você está maquiada ou não”, afirma Paloma Vale, maquiadora da grife de cosméticos bareMinerals, em visita exclusiva ao Terra.

Siga Terra Estilo no Twitter

E o protagonista deste novo contexto: uma pele perfeita. Para construí-la, é preciso muito mais que pincel, base e corretivo. Antes, entenda qual seu tipo de pele e use isso a seu favor. Oleosa, seca, mista, madura? Branca, negra, morena? Cada uma tem suas particularidades.

Foto: Terra

Por isso, diante de tantas diferenças, a expert ensina como construir a pele perfeita que disfarça imperfeições, valoriza seus pontos positivos e, ainda por cima, emagrece.  É isso mesmo, pode acreditar! “Fazendo o contorno certo você já emagrece uns dois quilos só no rosto”, revela Paloma.

Make não é milagre
“A pior coisa que inventaram são esses produtos que fazem tudo. Isso não existe. Claro que usar um desses é melhor que não usar nada, mas um produto só não entrega tantos benefícios assim que a pele precisa”, explica Paloma. Por isso, se sua rotina permite abrir mão do BB Cream e CC Cream, é melhor investir em mais opções de produtos.

Cuide
A pele perfeita começa antes da maquiagem, por isso limpe e hidrate a região todos os dias. Além de ser essencial para a vida, isso ajuda a disfarçar as peles secas na hora de aplicar os produtos e controlar a oleosidade para aquelas que exigem retoque por causa disso.

Conheça sua pele
Acha que acertar a cor da base é o principal desafio na hora de comprar maquiagem? Só que não! Identificar o seu tipo de pele – oleosa, seca, mista, madura – e montar a nécessaire com produtos específicos para cada uma dessas variações faz sim, e muita, diferença no resultado.

<p>Teste a cor da base na região entre pescoço e maxilar</p>
Teste a cor da base na região entre pescoço e maxilar
Foto: Terra
As cores
Agora sim, a cor da base. Pare agora de testar a cor no pulso, mão e braço. O ideal é o pescoço porque é justamente essa a região que denuncia quando o make está desconectado. “Faça traços com opções de cores que acredita ser a sua saindo do maxilar para o pescoço. Aquela que sumir é a certa, a que você ainda conseguir enxergar não é para você”, explica Paloma.

As famílias de cores da pele são divididas em clara, média ou bronze. Depois, é preciso escolher o subtom: eles variam entre oliva, azulado, neutro, rosado e dourado.

Primer
O primer não é um detalhe na maquiagem, ele ajuda a preparar a pele, disfarça linhas finas e imperfeições, controla a oleosidade, aumenta a durabilidade do make e diminui necessidade de retoques. Portanto, use! A aplicação é megasimples: espalhe o produto no rosto com os dedos mesmo.

Para as peles secas, prefira os mais hidratantes e com leve brilho. Donas de peles oleosas devem priorizar os primers de textura mais fluida, em gel e com componentes de  controle de oleosidade.

Hora da base
A brasileira tem uma espécie de “relação de amor” com bases líquidas. Mas, talvez por causa do nosso clima, essa não seja a melhor opção. Então, tente desapegar e experimentar outras opções. E, na hora de variar, lembre que o principal é a fórmula. Em peles oleosas, use as de fundo matte, que dão efeito fosco e ajudam muito a sumir com aquele efeito “brilhoso”. Peles ressecadas pedem produtos hidratantes e mais leves, para aderirem de maneira mais fácil.

Aplicar com esponja ou pincel traz um efeito mais natural. Comece depositando na região da bochecha e vá esfumando até as extremidades, isso fará com que os acúmulos não fiquem marcados.

<p>Iluminador valoriza maçã do rosto</p>
Iluminador valoriza maçã do rosto
Foto: Terra
Corretivo, ativar!
Existem dois tipos de corretivos importantes: os que corrigem as imperfeições e os que revelam os pontos positivos. Para este último caso, os iluminadores são muito bem-vindos. “Para efetivamente acabar com a olheira, você precisa corrigir e entregar luz, são duas coisas diferentes por isso são necessários produtos diferentes”, explica Paloma.

<p>Iluminador sem brilho ajuda a arrematar os benefícios do corretivo nas olheiras</p>
Iluminador sem brilho ajuda a arrematar os benefícios do corretivo nas olheiras
Foto: Terra

Escolher o corretivo o mais próximo possível da cor da sua pele é a maneira mais eficaz de não ficar “cinza” e ostentar por ai o “efeito panda ao contrário”. Para corrigir, aplique o produto nas olheiras, manchas, acnes ou qualquer outra região de sombra que queira disfarçar.

Para revelar, use iluminadores com e sem brilho, vale em pó ou líquido. Os sem brilho levam uma luz etérea à região das olheiras e ao triângulo que se forma entre elas e o nariz. Iluminadores com pouco brilho servem para dar volume à região das têmporas, acima das sobrancelhas, nariz e maçã do rosto logo abaixo dos olhos.

Contornos
Os contornos estão super em alta no mundo da maquiagem. Além de darem mais forma ao rosto, afina o nariz e, o principal e mais importante, emagrece! A técnica exige um pincel chanfrado e um pigmento de cor mais escura (pode ser substituído pelo bronzer). Comece aplicando na região alta da lateral do rosto, passando pela testa e terminando abaixo do maxilar.

<p>Contorno ajuda a deixar a selfie perfeita!</p>
Contorno ajuda a deixar a selfie perfeita!
Foto: Terra
Qual sua cor?
O passo a passo para a pele perfeita se aplica a todos os tipos de peles, mas cuidado apenas com as diferenças que as tonalidades normalmente exigem na hora de se maquiar.
Pele clara: geralmente precisa de mais luz
Pele morena: precisa de mais correção geral, principalmente na área dos olhos
Pele negra: não demandam quase nenhuma correção, mas pedem atenção às olheiras

Pele Jovem x Pele Madura Pele Jovem x Pele Madura

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade