0

Erros na sobrancelha: salve a área com dicas de profissionais

Maquiagem, medicamentos e até henna são alguns artifícios que podem ajudar a consertar o "desastre"

23 mai 2014
07h59
  • separator
  • comentários

Você se depara com um pelinho fora do lugar na região da sobrancelha. Não resiste, pega a pinça. Mas quando vê, acabou tirando mais do que deveria e o resultado é uma bela falha que grita a cada hora que você se olha no espelho.

<p>Afinar a sobrancelha ou fazer falhas são erros comuns, mas para eles existem algumas soluções</p>
Afinar a sobrancelha ou fazer falhas são erros comuns, mas para eles existem algumas soluções
Foto: Getty Images

Muitas mulheres já passaram por isso e geralmente os erros mais comuns são o afinamento ou encurtamento dos pelos da região. Com isso, as sobrancelhas vão ganhando outras formas e recuperar a falha não é algo tão simples.

Segundo a designer de sobrancelhas Ana Lucia Yotumoto, do salão Jacques Janine, a moda atual contribui para o desespero de quem acaba afinando a área. “Hoje em dia a moda não pede mais uma sobrancelha fina, tem que ser da forma mais natural possível, só que bem desenhada.”

Ela cita a ex-BBB e atriz Grazi Massafera e a apresentadora Sabrina Sato como exemplos de transformações bem-sucedidas. “No começo da carreira, ela [Grazi] tinha a sobrancelha mais fina. Hoje, com certeza com o acompanhamento de profissionais, está muito bonita, muito bem desenhada. E o mesmo aconteceu com a Sabrina”, observa.

Um grande problema é que muitas vezes os pelos demoram muito para voltar a crescer. Com uma boa dose de paciência, é possível ir acertando a região com a ajuda de especialistas. Mas enquanto isso não acontece, vale usar algumas técnicas para suavizar os efeito das falhas.

De acordo com a maquiadora Virgínia Gregório, do Studio W, se o erro não foi muito grande, é possível disfarçar com a própria maquiagem. Já para quem errou feio, ela recomenda o uso de produtos que estimulem o crescimento.

A especialista lembra ainda que, a partir dos 40 anos, o fator hormonal da mulher também contribui para que os pelos fiquem escassos, e neste caso as dicas a seguir também são válidas.

Remédios e cosméticos
Para quem precisa que os pelos cresçam mais rápido, Ana Lucia indica o remédio Latisse, que segundo ela traz resultados em um mês. “É um método eficaz, indicado para cílios e sobrancelha. Deve ser indicado pelo dermatologista, e tem a tendência de deixar o pelo mais escuro”, alerta.

Entre os cosméticos, ela recomenda o francês Alika. “Não tem contraindicação mas o processo dele é mais lento”, reforça. “Um outro produto que indico é o Bepantol líquido, que é um óleo. Você coloca uma gotinha a noite e ele estimula o crescimento. Não é tão rápido como o Latisse, mas em dois ou três meses já começa a surtir efeito”, acrescenta.

A dermatologista Angélica Pimenta, de São Paulo, reforça que tratamentos feitos tanto à base de remédios ou cosméticos exigem o acompanhado médico.

Ela confirma que existem medicamentos que ajudam no crescimento dos pelos em comprimento, espessura, abundância e intensidade da coloração. “A ação do medicamento se inicia logo após o início do tratamento."

Entre os medicamentos, ela também  cita o Minoxidil e, na parte de cosméticos, a dica são os séruns enriquecidos com aminoácidos, peptídeos e queratina, “que ajudam no fortalecimento e crescimento dos pelos”.

Alongadores e géis à base de  pantenol e extrato e aloe vera também trazem bons resultados segundo a dermatologista.

Dicas de correção e make
Se a falha for pequena, Ana Lucia indica corrigir com maquiagem mesmo. “Você pode usar pancake profissional, usado em teatro televisão, ou sombra opaca sem brilho nenhum. Se a pele é muito clarinha, pode até usar lápis de grafite normal, 6B, ele não faz mal porque é mineral.”

Já para quem não tem paciência para ficar fazendo maquiagem, a dica da profissional é a aplicação de henna. “O problema é que nos dois primeiros dias fica muito forte, a pessoa pode estranhar, mas depois vai clareando. Além disso, a henna dura no máximo 15 dias. Às vezes o custo é alto pelo tempo que dura”, pondera.

Em último caso, Ana Lucia indica a micropigmenteção. “Muita gente acha que é a ‘definitiva’, mas essa eu não recomendo porque ela usa chumbo e como o tempo vai ficando cinza ou azul. Eu recomendo a que usa pigmento orgânico, você aplica e ela dura cerca de um ano. Com o passar do tempo, vai clareando.”

Virgínia reforça que, para a pessoa não estranhar, quanto mais natural for a correção, melhor. “Hoje em dia existem inúmeras formas de acertar com maquiagem, com produtos como lápis para sobrancelha, rímel, sombrinhas”, completa.  

Neste caso, ela ressalta a importância de se procurar os tons corretos. “Se for passar lápis, tente fazer mais esfumado e use uma escovinha para não ficar muito marcado. Nunca marque o começo da sobrancelha, porque o olhar fica muito pesado. Outra dica que valoriza bastante a sobrancelha é  passar uma sombrinha bege embaixo dela, porque assim destaca mais”, recomenda.

Determinação e paciência
Tentar arrumar sozinha a sobrancelha foi uma prática condenada por todas as especialistas ouvidas. Isso porque, na tentativa de corrigir, a chance de afinar ainda mais é grande. “Deixe crescer e procure um profissional que possa orientar a melhor solução, se for apenas por erro de extração de fios. Mas se houver diminuição brusca na quantidade de fios espontaneamente, essa pessoa deve buscar imediatamente o dermatologista”, reforça Angélica.

Outra tentação que deve ser evitada é sair correndo em busca de uma definitiva, pois a pessoa pode não gostar do resultado e aí não tem como voltar atrás, explica Virgínia. “A definitiva é mais forte que a dermopigmetnacão, que dura uns dois anos”, afirma, explicando que ambas usam a mesma técnica que a tatuagem, com a diferença que a definitiva atinge uma camada mais profunda da pele.

Um  método caseiro que costuma dar bons resultados, segundo Ana Lucia, é passar diariamente uma escovinha, suavemente, para estimular o crescimento. “Por um bom tempo esqueça a pinça. Muitas vezes a correção não está em você tirar, está em deixar crescer uma nova sobrancelha”, reforça.

A profissional afirma que quando a pessoa tira muito na parte inferior, o pelo pode demorar de três a quatro meses para crescer. Já se o erro foi na parte superior, ou no fim da sobrancelha, pode levar mais de um ano para os pelos voltarem a nascer.

Por isso, Virgínia indica sempre a atuação de um especialista para que a pessoa diminua os riscos de ter que lidar com uma incômoda falha. “Não recomendo que a pessoa faça em casa, porque o ângulo de visão de um profissional é diferente do nosso na frente do espelho. É preciso muita habilidade para fazer”, pontua.

 

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/beleza/infograficos/enquete-sobrancelhas/&amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/beleza/infograficos/enquete-sobrancelhas/&amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;Sobrancelha grossa ou fina?&amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://beleza.terra.com.br/infograficos/famosas-desastre/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://beleza.terra.com.br/infograficos/famosas-desastre/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;Desastres no visual das famosas&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

 Curso de automaquiagem Curso de automaquiagem
Aprenda técnicas da automaquiagem sem sair de casa e seguindo as tendências da moda. Curso certificado pelo MEC, matricule-se já

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade