0

Desvende 8 mistérios do corpo feminino

A constituição do corpo feminino favorece o acúmulo de gordura e problemas intestinais. Entenda por quê.

25 jan 2016
15h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao pensar sobre as diferenças entre o corpo da mulher e o do homem, de imediato vem à cabeça o exemplo mais evidente: as partes íntimas. Como consequência dá para sair listando menstruação, excitação, orgasmo e por aí vai.

Todo esse funcionamento é exclusivo e único. Entram na relação outras características, como a adiposidade e a própria gestação de outro ser humano. Até os ossos de uma gestante se ajustam para o nascimento.

Conhecendo melhor algumas peculiaridades do corpo feminino, é possível viver com mais saúde e bem-estar.

Conhecer o próprio corpo garante mais saúde e bem-estar.
Conhecer o próprio corpo garante mais saúde e bem-estar.
Foto: iStock/Getty Images / Vivo Mais Saudável

8 mistérios femininos

1. Orgasmo

Enquanto os homens podem chegar lá em cinco minutos, as mulheres levam o triplo do tempo. Elas passam por três fases para atingir o clímax: desejo, excitação e lubrificação vaginal. Depois acontece o aumento da vagina, do clitóris e dos seios.

Dados do grupo Sexssando indicam que o tempo médio para atingir o orgasmo feminino com a masturbação é de pouco menos de quatro minutos. A duração do espasmo é de 6,5 segundos.

2. Vagina

A vagina tem em média 7,5 centímetros de comprimento. Em excitação, aumenta para 12 centímetros de comprimento e três de largura. A parte da frente é a que possui mais terminações nervosas. Além disso, a região vaginal é ácida: seu pH varia entre 4 e 5, sendo que 7 corresponde ao nível neutro. Essa acidez impede a proliferação de bactérias.

3. Clitóris

O clitóris mede cerca de 2,5 centímetros. A parte visível fica em torno de meio centímetro. O órgão exclusivamente destinado ao prazer feminino tem 8 mil terminações nervosas.

4. Óvulos

Um óvulo mede 0,14 centímetro, sendo considerado uma das maiores células do corpo feminino. O número médio de óvulos é de 400 mil, e as meninas já carregam todos eles ao nascer.

5. Seios

Não há um tamanho aproximado para os seios. Varia muito de mulher para mulher. O que a ciência sabe é que eles podem aumentar em até 25% durante a excitação feminina.

6. Cérebro

Estudo realizado na Escola de Medicina da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, aponta que as mulheres têm capacidade para ouvir com os dois lados do cérebro. Homens escutam apenas com o hemisfério esquerdo.

7. Digestão

O sistema digestivo é o mesmo, mas, por conta dos órgãos de reprodução, as mulheres têm espaço menor de expansão em caso de gases ou ingestão de alimentos em excesso. Por isso, elas são mais propensas a apresentarem problemas digestivos.

8. Adiposidade

A localização da gordura corporal feminina é determinada pelo estrogenio. Mulheres com corpo em formato de pera, por exemplo, têm adiposidade na parte inferior do corpo. Ou seja: a gordura se acumula nos glúteos, nas coxas e no quadril. Nos homens, as partes mais adiposas são barriga e pescoço.

Vivo Mais Saudável Vivo Mais Saudável, informação que faz bem.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade