0

Bolinhas no braço são sintoma de queratose pilar

Entenda a queratose pilar, problema que causa bolinhas no braço, nas coxas e nas nádegas.

12 nov 2015
15h45
  • separator
  • 0
  • comentários

Já se deparou com algumas bolinhas no braço com aspecto avermelhado ou esbranquiçado, de textura dura? Esse problema, chamado de queratose pilar, é bastante comum e pode atingir também as nádegas, as coxas e as bochechas.

Dr. Nelson Rosas, especialista em Medicina Estética, diretor médico do Centro de Tratamento Estético do Rio de Janeiro (Ceterj) e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Estética (SBME), explica que a condição é considerada uma irritação na pele. Geralmente, não está associada a dor ou coceira. Entenda as causas para o quadro e saiba como funciona o tratamento.

Queratose pilar é mais comum na infância e na adolescência.
Queratose pilar é mais comum na infância e na adolescência.
Foto: iStock/Getty Images / Vivo Mais Saudável

Entenda as causas das bolinhas no braço

A é um acúmulo de queratina, uma proteína fibrosa que atua no processo de defesa da pele contra a entrada de substâncias nocivas. "A queratina ajuda a bloquear a abertura do folículo piloso, sendo muito útil para a preservação do cabelo", explica Dr. Nelson.

Quando essa proteína se acumula sobre a pele, ela normalmente forma manchas, que podem ser confundidas com acne.

A queratose pilar não é grave. Essa é uma condição genética e costuma acometer mais crianças e adolescentes, desaparecendo ao longo do tempo. Consideradas um problema crônico, as bolinhas no braço podem ir e voltar, de forma mais leve ou mais marcante.

O médico especialista explica que, caso a queratose pilar não seja tratada de maneira adequada, pode evoluir para lesões com aspecto de espinhas que, com um processo inflamatório, causarão na pele. "Essas bolinhas no braço ou outras partes do corpo podem trazer problemas estéticos", alerta.

Além disso, pessoas com doenças alérgicas, como asma ou rinite, têm maiores chances de desenvolver a queratose pilar.

Tratamento para a queratose pilar

Como as bolinhas costumam deixar a pele mais ressecada, a hidratação é fundamental para controlar o problema. O tratamento é feito com cremes à base de ureia, ácido glicólico ou ácido salicílico. "Com alto poder hidratante, essas substâncias vão controlar a produção de células mortas e conferir a nutrição da região afetada pelas bolinhas", afirma Dr. Nelson.

Ainda, o uso de pomadas ou loções com os mesmos princípios ativos é recomendado. Manter o local seco e limpo é muito importante para evitar que as bolinhas fiquem vermelhas e doloridas. "Os dias quentes de verão tendem a agravar a situação na pele", completa o profissional.

Outro cuidado importante no tratamento é evitar apertar as bolinhas no braço. Apesar de se parecerem com , elas não devem ser espremidas. Ao fazer isso, você corre o risco de deixar marcas e cicatrizes permanentes na pele. Ao encontrar essas alterações, visite um dermatologista ou médico especializado em estética para encontrar o melhor tratamento.

A queratose pilar é um problema que pode gerar desconforto para o paciente, mas que não tem riscos para a saúde. Por isso, converse com um profissional e encontre o melhor tratamento para o seu caso.

Vivo Mais Saudável Vivo Mais Saudável, informação que faz bem.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade