Dá para fazer o cabelo crescer mais rápido?

26 mai 2017
08h00

Beber bastante água, misturar anticoncepcional no shampoo e cortar as pontas do cabelo todo mês. Será mesmo que essas técnicas funcionam? Desmistificamos o cabelo comprido para você!

Conheça os mitos e verdades sobre o crescimento dos fios
Conheça os mitos e verdades sobre o crescimento dos fios
Foto: Minerva Studio - iStock

Anticoncepcional no shampoo

Misturar a pílula nos produtos de cabelo não faz os fios crescerem mais rápido, já que os hormônios contidos nela não são absorvidos deste jeito. O anticoncepcional deve ser usado somente se recomendado por um ginecologista.

Cortar as pontas todos os meses

Talvez um dos mitos mais difundidos seja “tirar as pontinhas pode até dar a impressão de fazer o cabelo crescer”, mas isso não acontece de fato. Cortar o cabelo faz com que ele pareça mais saudável – porque a parte mais danificada é arrancada –, mas o corte não interfere no processo.

Estresse

Sim, o estresse pode descontrolar a produção de hormônios do corpo e causar um desiquilíbrio. O cabelo não vai crescer mais rápido e estará mais propenso à queda. Por isso, tente tirar uma parte do dia para relaxar.

Cabelo cresce mais rápido no verão

Meia verdade. O que acontece é que os fios possuem ciclos de crescimento, ou seja, eles têm épocas quando eles crescem mais. Sendo assim, esse período de crescimento pode coincidir com o verão, mas tudo não passa de uma coincidência.

Alimentação balanceada

Um cabelo bonito e sedoso também depende dos alimentos que você ingere. Beba bastante água para eliminar as toxinas do organismo e evite alimentos muito gordurosos.


Produtos de cuidados com o couro cabeludo

Vários mitos são encontrados na internet, mas é preciso ter cuidado! Nenhuma fórmula milagrosa fará o seu cabelo crescer mais rápido. A única recomendação, nestes casos, é cuidar do couro cabeludo. Se ele não estiver saudável, os fios ficarão mais propensos à queda, o que prejudica o crescimento.

Dê prioridade aos shampoos e condicionadores com foco nesta região. Não é preciso trocar todos os seus produtos, a ideia é introduzi-los aos poucos na sua rotina.

Fonte: TC

compartilhe

publicidade
publicidade