0

Saiba por que o arroz com feijão é uma combinação perfeita

23 mai 2014
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários

O arroz com feijão é uma dupla saborosa e nutritiva, que deve fazer parte da refeição básica e diária de crianças e adolescentes. O arroz é um cereal que fornece carboidrato, vitaminas do complexo B e, se for integral, terá fibras e vitamina C. Conta, ainda, com aminoácidos (um tipo de proteína), como a metionina e cistina. Já o feijão é uma leguminosa fonte, entre outros, de ferro, cálcio, vitaminas do complexo B e do aminoácido lisina.

Arroz e feijão: a dupla fornece aminoácidos importantes para o desenvolvimento de crianças e adolescentes
Arroz e feijão: a dupla fornece aminoácidos importantes para o desenvolvimento de crianças e adolescentes
Foto: Shutterstock

Com tantos benefícios, a recomendação dos especialistas é de que sejam servidos sempre juntos. “Esses aminoácidos presentes no arroz e no feijão são mais potentes para reparar o organismo se consumidos juntos. Trata-se de uma combinação única e que não ocorre com outros alimentos”, comenta Fábio Ancona Lopes, membro do Departamento de Nutrição da Sociedade de Pediatria de São Paulo. “Sem contar que a dupla é capaz de prevenir algumas doenças mais sérias, como o diabetes.”

Consumo deve ser diário
Crianças entre 4 a 8 anos podem ingerir a proporção de duas colheres de sopa de arroz para uma de feijão. “A recomendação diária nutricional aumenta conforme a idade, prática de atividade física e outros fatores que envolvem o crescimento”, comenta o especialista.

Por isso, o consumo dos adolescentes, entre 9 a 14 anos, deve ser, em média, de três colheres de sopa de arroz para uma colher e meia de feijão. “E não há contraindicação de consumo. Pode ser consumido diariamente, tanto no almoço quanto no jantar”, garante Fábio.

Mistura de arroz
Se a criança é pequena e não aceita o arroz integral, não force. O truque é misturá-lo com o arroz branco até que ela se acostume com o novo sabor. Varie também os tipos de feijão: preto, branco, carioquinha, entre outros. O que vale é combinar os dois alimentos em uma mesma refeição, para fornecer o rico benefício nutricional dessa dupla campeã.

 

Fonte: Qualitá
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade