2 eventos ao vivo

Saiba como ensinar seu filho a gostar de alimentos integrais

25 abr 2014
08h10
atualizado em 28/4/2014 às 16h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Boa parte das crianças costuma rejeitar os alimentos integrais. É uma pena porque eles são muito ricos sob o ponto de vista nutricional. Por não passarem pelo processo de refinamento, os integrais mantêm seus nutrientes e fibras. E mais: quando consumidos, além da oferecer maior sensação de saciedade, promovem o bom funcionamento do intestino e ainda contribuem para a prevenção de algumas doenças como a obesidade, o colesterol alto e o diabetes.  

Processo de aceitação pode demorar
Se, às vezes, não é nada fácil ensinar uma criança a consumir verduras e legumes, pode ser ainda mais demorado o processo de aceitação dos integrais. “Quem está acostumado a ingerir alimentos refinados, sente bem a diferença quando experimenta o integral, e, muitas vezes, não gosta”, afirma Maria Elisa Yaemi, nutricionista do Hospital São Luiz Itaim, em São Paulo.

O segredo é a experimentação
Comece servindo os integrais em dias alternados. “Um truque para o consumo do arroz é misturar o branco com o integral”, ensina Maria Elisa. O mesmo vale para o macarrão, e você ainda pode adicionar cenoura, ervilha ou milho, para incrementar a receita. Aliás, a espiga de milho é um cereal integral com boa aceitação. Por isso, sempre que possível, acrescente-o às refeições.

No café da manhã, ofereça pães com trigo ou sete grãos ou adicione aveia ao iogurte e leite. Deixe as barrinhas de cereais com trigo, aveia ou milho, para o lanche.

Um alerta: nunca force a ingestão dos integrais. “Se a criança apresentar muita resistência a esse tipo de alimento e for forçada a comer, pode não voltar a experimentar, nem quando adulta”, afirma a nutricionista. É preciso ter paciência e criatividade para elaborar o cardápio. Assim, a criança experimenta, aos poucos, e passa a gostar.

 

Fonte: Qualitá
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade