PUBLICIDADE

Sobe para 100 o número de mortes após enchentes no Rio Grande do Sul

Defesa Civil divulgou boletim relatando a situação no Estado nesta quarta-feira, 8, confira informações

8 mai 2024 - 12h31
(atualizado às 14h56)
Compartilhar
Exibir comentários
Imagens aéreas mostram Canoas debaixo d'água dias após chuvas no RS:

O Governo do Rio Grande do Sul atualizou o número de mortos em meio aos temporais e enchentes que afetam o Estado há dias. Às 12h desta quarta-feira, 8, foram confirmadas 100 mortes --com outras 4 sob investigação-- e 128 desaparecidos, além de mais de 163 mil desalojados.  Dos 497 municípios do Estado, ao menos 417 foram afetados pelas chuvas.  

Rio Grande do Sul vive as consequências do pior desastre climático da história do Estado.
Rio Grande do Sul vive as consequências do pior desastre climático da história do Estado.
Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República / Estadão

Veja o balanço divulgado pela Defesa Civil: 

  • Municípios afetados: 417
  • Pessoas em abrigos: 66.761
  • Desalojados: 163.720
  • Afetados: 1.456.820
  • Feridos: 372
  • Desaparecidos: 128
  • Óbitos confirmados: 100
  • Óbitos em investigação*: 4
Imagens de satélite mostram antes e depois de enchente histórica no Rio Grande do Sul:

Nível dos rios às 7h

O governo do Rio Grande do Sul também divulga diariamente, em dois horários, a medição do nível dos rios. A comparação com a medição anterior mostra que o nível da água tem caído muito lentamente.

Guaíba - Porto Alegre – 5,14 metros 

Sinos - São Leopoldo - 6,90 metros 

Gravataí - Passo das Canoas - 6,15  metros 

Rio Taquari - Muçum  – 6,13 metros

Rio Uruguai - Garruchos  – 15,60 metros

Rio Caí - Feliz – 3,14 metros

Lagoa dos Patos - Laranjal - 2,18 metros, medição das 17h de 07/05

Nível do Guaíba

Em meio às enchentes que atingem o Rio Grande do Sul desde a semana passada, as águas do Guaíba chegaram a transbordar e inundar parte do centro de Porto Alegre, além da rodoviária e do aeroporto Salgado Filho. De lá para cá, o patamar do lago tem caído. Nesta quarta-feira, 8, o boletim divulgado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) mostra que o Guaíba diminuiu cerca de 17 centímetros em 24 horas: passou de 5,27 para 5,10 metros. 

Saiba como ajudar as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul Saiba como ajudar as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade