2 eventos ao vivo

Netflix tem material inédito para lançar até metade de 2021

Paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus não afetará grade de programação até metade de 2021

4 ago 2020
15h48
atualizado às 16h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Netflix ainda tem muito material inédito para enfrentar a crise causada pela pandemia de coronavírus, que paralisou as produções de filmes e séries em todo o mundo. Enquanto os cinemas permanecem fechados, canais improvisam com aquisições de streaming e as plataformas concorrentes ficam sem novidades, o maior de todos os serviços de streamings garante ter conteúdo exclusivo para entreter seus assinantes até metade de 2021.

Aguardada 5ª temporada de Lucifer está entre os conteúdos previstos para o ano
Aguardada 5ª temporada de Lucifer está entre os conteúdos previstos para o ano
Foto: Divulgação / Pipoca Moderna

"Temos muita coisa para lançar, definitivamente por todo o ano de 2020 e parte de 2021. Nós queremos voltar ao trabalho, como todo mundo, e queremos passar este ano da melhor forma possível, mas ainda estamos em boa forma", revelou Tendo Nagenda, chefe de originais da Netflix, em entrevista ao site da revista The Hollywood Reporter.

Por conta disso, a empresa não está preocupada, ao menos por enquanto, com a falta de conteúdo para preencher sua programação durante a pandemia. Esta também é uma das razões pelas quais a Netflix tem aumentado consideravelmente sua quantidade de assinantes. Foram 10 milhões a mais no segundo trimestre de 2020.

Além do material inédito que ainda tem para lançar - o que inclui a aguardada 5ª temporada de Lucifer - , a plataforma também está buscando aquisições externas - filmes e séries de várias partes do mundo - para adicionar ao seu serviço. Isto inclui produções brasileiras, como Cidade Pássaro, lançada na plataforma na quarta (29/7) passada - menos no Brasil, onde ainda tentará chegar aos cinemas.

Veja também:

Coisa Mais Linda: elenco discute gênero, raça e classe

 

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade