PUBLICIDADE

Russell supera dupla da Ferrari no fim e garante pole na F1

George Russell, da Mercedes, ofuscou disputa da dupla da Ferrari e conquistou primeira pole de sua carreira. Verstappen é apenas 10º

30 jul 2022 - 12h11
Ver comentários
Publicidade
Russell crava a primeira pole de sua carreira
Russell crava a primeira pole de sua carreira
Foto: Mercedes / Twitter

A Fórmula 1 tem um pole inédito. George Russell, da Mercedes, surpreendeu e fez a melhor volta da sessão de classificação para o GP da Hungria. O inglês se intrometeu naquilo que parecia ser uma briga exclusiva dos carros da Ferrari no Q3 e superou ambos. Carlos Sainz ficou com o 2º lugar e Charles Leclerc teve que se contentar com o 3º.

A Red Bull decepcionou. Max Verstappen sofreu com problemas de motor no Q3 e não foi além do 10º tempo. Sergio Perez ficou no Q2 e larga do 11º posto.

Lewis Hamilton, que chegou a fazer o melhor tempo no Q1, não conseguiu acompanhar o ritmo de Russell no Q3 e terminou apenas no 7º lugar, 0s765 atrás do colega.

Confira no detalhe como foi a sesão de classificação para o GP da Hungria.

Hamilton foi o mais rápido do Q1 na Hungria
Hamilton foi o mais rápido do Q1 na Hungria
Foto: Mercedes / Twitter

Hamilton lidera Q1, Vettel eliminado e Latifi de 1º a último
A sessão se iniciou com pista seca, mas as nuvens escuras rondavam o autódromo de Hungaroring. Para evitar ficar sem tempo de volta quando a chuva voltasse, todos optaram por sair o quanto antes.

O primeiro ato digno de nota da sessão foi o fato de Sebastian Vettel conseguir ir à pista. Motivo de comemoração para a Aston Martin, já que o carro do alemão havia sido danificado em acidente no final do TL3.

Com as primeiras voltas completas, Verstappen foi o mais rápido, com tempo de 1min19s020. Depois dele vinha Norris, aumentando a expectativa por uma boa performance da McLaren na Hungria.

Verstappen melhorou seu próprio tempo, chegando a 1min18s792. Na metade do Q1, Perez completava dobradinha da Red Bull. Os taurin seguido por Russell, Sainz, Norris, Bottas, Hamilton, Alonso, Ricciardo e Leclerc, que demorou a ir à pista e era apenas o 10º.

Com a pista emborrachando, os tempos foram caindo e a tabela se alterava com frequência. A dois minutos do fim, a zona de eliminação tinha Albon, Bottas, Ocon, Ricciardo e Tsunoda. Hamilton encaixou boa volta (1min18s347) e pulou para 1º, seguido de por pelo seu companheiro Russell.

Ao soar do gongo, Hamilton manteve a primeira posição, e os eliminados foram: Tsunoda, Albon, Vettel, Gasly (melhor volta deletada) e Latifi. Latifi, por sinal, havia sido o mais rápido no TL3 e vinha em volta de setor 1 roxo, mas foi mal no setor 3 e terminou em último lugar.

Max Verstappen na classificação do GP da Hungria
Max Verstappen na classificação do GP da Hungria
Foto: Red Bull / Twitter

Verstappen lidera Q2 enquanto Perez fica de fora
Nas primeiras saídas do Q2, Verstappen mostrou que não está para brincadeira e fez uma volta com os três setores roxos: 1min17s703. Depois dele, vinham Alonso, Norris, Ricciardo, Zhou, Ocon, Leclerc, Bottas, Sainz e Russell. Hamilton era 11º, fora da zona de classificação. Não demorou para que ele tentasse outra volta e subisse para 3º.

Perez reportava pelo rádio que algumas gostas começavam a cair na pisa húngara. Sobre ele, um fato curioso: sua melhor volta havia sido anulada por exceder os limites de pista, mas uma câmera mostrou quem, na verdade, ele não havia passado a linha branca. Seu tempo reestabelecido, subindo-o ao 9º lugar.

A chuva alarmada por Perez não veio, e os tempos seguiram caindo. E isso foi ruim para ele. O mexicano terminou em 11º, sendo eliminado junto de Zhou, Magnussen, Stroll e Schumacher.

Carlos Sainz na classificação para o GP da Hungria
Carlos Sainz na classificação para o GP da Hungria
Foto: Ferrari / Twitter

Briga da Ferrari interrompida por Russell. Verstappen tem problemas
Com os carros na pista para o Q3, o mais rápido da primeira leva de voltas foi Sainz, com 1min17s505, melhor tempo do fim de semana. O 2º era Russell, seguido por Leclerc, Hamilton, Alonso, Norris, Verstappen, Ocon, Bottas e Ricciardo. Verstappen errou em sua volta e terminou longos 1s3 atrás do então líder Sainz.

Na volta de instalação para abrir sua segunda volta, Verstappen reclamava de perda de potência. Enquanto isso, os demais iam abrindo suas voltas rápidas. As duas Ferraris emendavam setores roxos, para agonia do holandês.

No que parecia ser uma briga particular da Ferrari, Leclerc não conseguiu superar o tempo, enquanto Sainz abriu ainda mais vantagem.

Mas a grande surpresa veio já com o cronômetro zerado: George Russell marcou 1min17s377 e confirmou sua primeira pole position na carreira.

O top 10 ficom com Russell, Sainz, Leclerc, Norris, Ocon, Alonso, Hamilton, Bottas, Ricciardo e Verstappen.

A corrida acontece no domingo (31), com largada prevista para às 10 horas.

Os resultados da classificação para o GP da Hungria
Os resultados da classificação para o GP da Hungria
Foto: F1

 

Parabólica
Publicidade
Publicidade