PUBLICIDADE

Max Verstappen vence corrida sprint da F1 na Áustria

Sem sustos, Max Verstappen vence em frente à torcida e amplia vantagem no campeonato. Leclerc e Sainz duelam e terminam em 2º e 3º

9 jul 2022 - 12h14
Ver comentários
Publicidade
Verstappen celebra em frente ao público
Verstappen celebra em frente ao público
Foto: Red Bull / Twitter

De ponta a ponta. Assim foi a vitória de Max Verstappen. O holandês largou da pole, se defendeu das Ferraris de Charles Leclerc e Carlos Sainz na primeira volta e não foi mais incomodado. Bastou controlar o ritmo para conquistar a vitória, que levou à loucura o público no Red Bull Ring, em Spielberg.

Os dois pilotos da Ferrari chegaram a disputar posições em dois momentos da prova. Leclerc levou a melhor e ficou em 2º, com Sainz em 3º. George Russell ficou em 4º, sendo seguido por Sergio Perez, que fez ótima corrida de recuperação. Depois, vieram Esteban Ocon e Kevin Magnussen.

Um dos destaques da prova foi a longa disputa entre Mick Schumacher e Lewis Hamilton. O jovem alemão foi digno de elogios em bela defesa de posição. Depois de muito tentar, Hamilton finalmente conseguiu a ultrapassagem e terminou em 8º, última posição a pontuar na sprint.

Com a vitória, Verstappen soma 8 pontos e chega a 189. Perez acumula mais 4 pontos, indo a 151. Leclerc faz 7 e vai a 145.

O resultado da sprint definiu o grid da corrida principal, que acontece no domingo (10), às 10 horas.

Confira como foi a corrida sprint da F1 na Áustria:
PRÉ-CORRIDA – Sergio Perez teve suas voltas do Q3 deletadas por exceder os limites de pista, e por isso teve que largar do 13º lugar. O Alpine de Fernando Alonso, 8º, ficou no grid na saída para a volta de apresentação – até com os cobertores de pneus. O carro azul foi levado para a garagem e lá ficou.

Perez escalou o pelotão
Perez escalou o pelotão
Foto: Red Bull / Twitter

Guanyu Zhou também teve problemas: Seu motor apagou a caminho do grid, no final da volta de apresentação, forçando mais um giro. O chinês conseguiu religar seu Alfa Romeo e alinhou no pitlane para largar dos boxes. Com a volta de apresentação extra, uma volta foi descontada.

LARGADA – Leclerc partiu melhor que Verstappen e tentoi o bote na curva 1, mas não conseguiu a ultrapassagem e foi superado por Sainz. Na curva 3, o espanhol também tentou passar Verstappen, mas também não conseguiu. Foi a vez de Leclerc dar o troco e retomar o segundo lugar.

Mais atrás, Gasly tocou pneus com Hamilton na freada para a curva 1 e foi catapultado, rodando e caindo para último. Apesar do susto, a AlphaTauri não sofreu danos e Gasly seguiu na corrida em último. Hamilton caiu de 9º para 11º e também seguiu.

Os pneus médios foram a escolha da maioria dos pilotos.

VOLTA  5/23 – Verstappen abriu vantagem sobre Leclerc e Sainz. O top 10 seguia com Russell, Ocon, Magnussen, Schumacher, Perez, Bottas e Hamilton, que havia superado Albon. Ocon e Magnussen se enroscaram na curva 3, mas mantiveram posições

6/23 – Sainz abriu o DRS e partiu para o ataque sobre Leclerc.

7/23 – Sainz passou Leclerc na curva 3, mas tomou o X. O espanhol tenta o ataque por fora na curva 4, mas Leclerc jogou duro e fechou o espaço, obrigando Sainz a recuar.

A interessante disputa entre os pilotos da Ferrari
A interessante disputa entre os pilotos da Ferrari
Foto: F1 / Reprodução

10/23 – Enquanto Schumacher e Magnussen disputavam o 6º lugar, Perez se aproximou da briga e superou ambos. O mexicano era o destaque da corrida até o momento.

11/23 – Vettel e Albon entraram emparelhados na curva 6. O alemão levou a pior e foi parar na brita. Ele conseguiu engatar a ré e voltar à pista sem necessidade de um safety car.

12/23 – Perez supera Ocon na curva 3 e defenda na 4. A torcida da Red Bull vibrava com a escalada do mexicano, que já havia conquistado oito posições.

13/23 – Hamilton alcança as Haas e tenta o ataque sobre Schumacher. O jovem alemão se aproveita do DRS por estar perto de Magnussen e se defende muito bem.

16/23 – A Haas consegue se defender de Hamilton de Hamilton fazendo um interessante jogo de DRS entre Magnussen e Schumacher.

19/23 – Hamilton seguia pressionando Mick, que continuava se defendendo muito bem dos ataques do heptacampeão.

20/23 – Bottas se junta à briga. Com Magnussen escapando, Schumacher não pode mais abrir a asa. Mesmo assim, ele consegue se defender. Mick pede pelo rádio que Magnussen o espere para poder usar o DRS.

21/23 – Finalmente, Hamilton supera Schumacher e passa a ser 8º. O alemão não desiste e tenta o troco, mas não consegue.

23/23 – Verstappen vence sem sustos, com Leclerc em 2º, Sainz em 3º, Russell em 4º, Perez 5º, Ocon 6º, Magnussen 7º e Hamilton 8º.

O resultado da sprint race na Áustria
O resultado da sprint race na Áustria
Foto: F1
Parabólica
Publicidade
Publicidade