PUBLICIDADE

Max Verstappen lidera treino da Fórmula 1 na Áustria

Max Verstappen domina primeiro treino livre para o GP da Áustria sem dificuldades. Classificação é nessa sexta

8 jul 2022 - 09h36
(atualizado às 09h38)
Ver comentários
Publicidade
Max Verstappen no TL1 para o GP da Áustria
Max Verstappen no TL1 para o GP da Áustria
Foto: F1 / Reprodução

Max Verstappen mostrou sua costumeira força no circuito Red Bull Ring, na Áustria, e dominou o TL1 do começo ao fim. O holandês corre com o apoio da torcida e é o favorito à pole e vitória no GP. Com o tempo de 1min06s302, Verstappen ficou 0s255 à frente de Charles Leclerc, da Ferrari, seu principal perseguidor. George Russell, da Mercedes, foi o 3º.

O treino é a única chance de pilotos e equipes se prepararem para a classificação e a corrida, já que esse GP terá a corrida sprint no sábado. As duas bandeiras vermelhas atrapalharam o andamento das simulações das equipes, e podem causar algumas dificuldades para acertos. Os carros voltam à pista ainda nessa sexta (08), às 12h, para a classificação no tradicional modelo de Q1, Q2 e Q3.

Confira como foi o TL1:
Por ser o único treino livre antes da classificação, o TL1 teve carros na pista desde os primeiros segundos. A nota positiva era a presença de Guanyu Zhou e Alex Albon, envolvidos em um fortíssimo acidente na corrida do último domingo (04), em Silverstone, na Inglaterra.

Max Verstappen não demorou a mostrar sua costumeira boa forma na pista pertencente à Red Bull. Em frente às arquibancadas lotadas com a sua torcida, o holandês logo se colocou no topo da tabela de tempos. Nos primeiros minutos, ele marcou o tempo de 1min07s496 usando pneus médios.

Os médios foram a escolha de todos os pilotos no primeiro terço de treino. Charles Leclerc tinha o 2º tempo, mais de meio segundo atrás de Verstappen – uma diferença expressiva, dada a pequena extensão da pista. O top 10 seguia com Alonso, Perez, Vettel, Sainz, Ocon, Magnussen, Hamilton e Russell.

Charles Leclerc no TL1 para o GP da Áustria
Charles Leclerc no TL1 para o GP da Áustria
Foto: Ferrari / Twitter

Com pouco mais de 20 minutos corridos, o McLaren de Lando Norris parou com problemas mecânicos. O inglês encostou seu carro às margens da pista no setor 2 e a bandeira vermelha foi acionada para remoção. O treino ficou parado por cerca de 10 minutos, sendo liberado a 31 minutos do fim.

A Ferrari partiu para a simulação de classificação. Leclerc fez 1min06s650 e pulou para 1º, com Sainz em 2º. Mas o time vermelho nem pôde curtir o momento, pois Verstappen os desbancou novamente assim que foi à pista: 1min06s302.

A Haas se destacava, sendo a mais rápida com pneus médios até aquele momento. Magnussen era o 4º, 0s9 atrás do tempo de Verstappen. Mick Schumacher era o 9º.

Com 20 minutos para o fim, outra bandeira vermelha. Dessa vez, o acabamento da zebra entre as curvas 6 e 7 começou a se soltar. O pouco tempo de pista no único treino livre significa que as equipes terão dificuldades para acertar seus carros para classificação e corrida.

O treino foi retomado a cerca de 15 minutos para o encerramento. Os pneus macios se tornaram o padrão nessa parte final, já em simulações de classificação. A dupla da Mercedes se colocou na 3ª e 4ª posições, com Russell à frente de Hamilton. Magnussen pulou para 5º. Perez melhorou seu tempo e subiu par 4º. Todos eles desbancando Sainz.

Não houve grandes mudanças nos minutos finais, com o top 10 sendo fechado por Verstappen, Leclerc, Russell, Perez, Hamilton, Magnussen, Sainz, Alonso, Schumacher e Tsunoda.

O treino foi retomado a cerca de 15 minutos para o encerramento. Os pneus macios se tornaram o padrão nessa parte final, já em simulações de classificação. A dupla da Mercedes se colocou na 3ª e 4ª posições, com Russell à frente de Hamilton. Magnussen pulou para 5º,  todos eles desbancando Sainz.

Os tempos do TL1 da F1 na Áustria
Os tempos do TL1 da F1 na Áustria
Foto: F1

 

Parabólica
Publicidade
Publicidade