PUBLICIDADE

F1: Verstappen é pole em dia marcado por batidas das duas Mercedes

Max Verstappen garante a primeira posição no grid da corrida sprint na Áustria. Lewis Hamilton e George Russell batem no final

8 jul 2022 - 13h25
(atualizado às 13h32)
Ver comentários
Publicidade
Verstappen na classificação para o GP da Áustria
Verstappen na classificação para o GP da Áustria
Foto: Red Bull / Twitter

Max Verstappen, da Red Bull, é o mais rápido na sessão de classificação e é pole na Áustria. Com isso, ele chega a sua terceira pole no ano. A classificação dessa sexta-feira definiu o grid de largada para a corrida sprint. Ao seu lado, Verstappen terá Charles Leclerc, da Ferrari, que liderou o Q1, o Q2 e esteve muito próximo da pole, tendo ficado apenas 0s029 atrás do rival.

Verstappen, líder do campeonato, correu em casa. O circuito de Red Bull Ring pertence à sua equipe, e as arquibancadas estavam tomadas pelo “mar laranja”, os fieis torcedores do holandês. Cada passagem do holandês era vibrada como um gol pelos fãs, que também não perderam a oportunidade de celebrarintensamente quando Lewis Hamilton bateu.

Sim, pois em uma incomum coincidência, os dois pilotos da Mercedes erraram e bateram sozinhos. Primeiro, Hamilton, que havia sido competitivo nas primeiras partes da sessão, escapou na curva 7 e bateu seu W13 com relativa força na proteção de pneus. Assim que a pista foi liberada, foi a vez de George Russell errar na curva 10 e também parar na barreira. Ambos os pilotos saíram de seus carros sem problemas, mas enterraram ali suas chances em uma possível briga pela pole.

A corrida sprint acontecerá no sábado (09), com largada às 11h30. Antes, ainda há um último treino livre, que acontece às 8h30 do mesmo dia. Já a corrida principal é no domingo (10), às 10 horas. Confira abaixo como foi a classificação que formou o grid para a corrida sprint da F1 na Áustria:

 Hamilton bate no Q3.
Hamilton bate no Q3.
Foto: F1 / Reprodução

Ferrari à frente no Q1. Vettel é último
Antes da classificação, a notícia era a troca da unidade de potência da Alfa Romeo de Valtteri Bottas que, por essa razão, largará do fim do pelotão. Lando Norris também trocou parte do conjunto após da quebra no TL1, mas utilizou peças já usadas, de modo que não sofreu nenhuma penalização.

Na primeira saída, Sainz superou Leclerc, mas teve seu tempo deletado por exceder os limites de pista na curva 10. Por muito pouco... O tempo de referência de Leclerc era de 1min06s762. Alonso, Magnussen e Mick Schumacher o superam. A festa de Mick durou poucos segundos, já que Leclerc derrubou o próprio tempo para 1min06s200. Sainz subiu para 2º.

Bom público na sexta-feira em Spielberg, na Áustria
Bom público na sexta-feira em Spielberg, na Áustria
Foto: Red Bull / Twitter

As arquibancadas vibraram quando Verstappen foi à pista. O ídolo do público chegou a fazer o melhor tempo, mas também teve a volta deletada por limites de pista. Enquanto isso Perez ocupava o topo da tabela, seguido de perto por Alonso. Hamilton acertou boa volta e superou o mexicano, com 1min06s079, apenas 0s064 melhor que Perez.

A cinco minutos do fim, Verstappen ainda não tinha tempo válido. Sem se sentir pressionado, o atual campeão fez a melhor volta do fim de semana até então e pulou para o topo. A dupla da Ferrari veio logo atrás e o desbancou, com Leclerc à frente de Sainz. O tempo do monegasco era de 1min05s419.

Depois de todos terminarem duas voltas, os eliminados foram: Ricciardo, Stroll, Zhou, Latifi e Vettel, que teve sua última volta anulada e ficou com a última posição.

Charles Leclerc na classificação para o GP da Áustria
Charles Leclerc na classificação para o GP da Áustria
Foto: Ferrari / Twitter

No Q2, Leclerc também é mais rápido
Quando os pilotos completaram suas voltas no início do Q2, Hamilton apareceu à frente, mostrando que a Mercedes está mesmo bem mais competitiva do que no início do ano. O tempo de 1min05s538 era apenas 0s030 melhor que o de Verstappen, 2º. Russel vinha em 3º, à frente dos dois carros da Ferrari. Hamilton ainda melhorou o próprio tempo para 1min05s475.

Os carros voltaram à garagem a cinco minutos do fim para colocar pneus novos. A ordem tinha Hamilton, Verstappen, Russell, Leclerc, Sainz, Alonso, Schumacher, Magnussen, Ocon e Bottas. Os eliminados até o momento eram Perez, Albon, Gasly, Tsunoda e Norris, que ainda não tinha completado uma volta boa.

De volta à pista, Leclerc superou Hamilton e seu próprio tempo no Q1, marcando 1min05s287. Verstappen chegou a superar Hamilton, mas não Leclerc. Os eliminados foram Gasly, Albon, Bottas, Tsunoda e Norris. A Haas repetiu o feito do Canadá e colocou seus dois carros no Q3.

Russell também bateu seu Mercedes
Russell também bateu seu Mercedes
Foto: F1 / Reprodução

Mercedes batem e Verstappen garante a pole
Em decisão polêmica, a direção de prova anunciou que investigaria se Perez passou ou não dos limites de pista em sua última volta do Q2 após a sessão. O mexicano participou do Q3 sub judice, mas a medida controversa tirou a chance de Gasly participar da parte final da classificação.

A ação na pista se desenrolou com Verstappen à frente, com tempo de 1min05s092, à frente de Leclerc e Sainz. Perez e Russel vinham sem seguida.

Hamilton abortou sua primeira tentativa após um pequeno erro. Na segunda tentativa, o inglês perdeu o carro e bateu na curva 7. Cena rara. Bandeira vermelha a cinco minutos do fim. As arquibancadas, tomadas por torcedores de Verstappen, foram à loucura.

E não era mesmo o dia da Mercedes. Assim que a pista foi liberada, George Russel também errou sozinho na curva 10 e foi para a parede. Mais um carro prateado quebrado e mais uma bandeira vermelha.

O cronômetro foi liberado com tempo para apenas uma volta. Leclerc fez a pole provisória, mas Verstappen acertou o setor final de sua derradeira tentativa, fez 1min04s984 e garantiu a primeira posição no grid da sprint. A ordem ficam: Verstappen, Leclerc, Sainz, Perez, Russell, Ocon, Magnussen, Schumacher, Alonso e Hamilton.

Os resultados da classificação para a sprint F1 na Áustria
Os resultados da classificação para a sprint F1 na Áustria
Foto: F1

 

Parabólica
Publicidade
Publicidade