0

Nos Bastidores

Skank repassa carreira de 30 anos em live show no Mineirão

Divulgação

"Voltaremos agora para tocar para as arquibancadas vazias, mas com um público que tem grande chance de ser muito maior", diz Samuel Rosa

30 mai 2020
07h00
atualizado em 1/6/2020 às 11h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Há quase 10 anos, o Skank subia ao palco do Mineirão, em Belo Horizonte, para um show histórico. Samuel Rosa (voz), Henrique Portugal (teclado), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferretti (bateria) tocaram para um estádio lotado, cuja apresentação rendeu o álbum "Multishow Ao Vivo - Skank no Mineirão", lançado em setembro de 2010.

Neste sábado (30), o quarteto mineiro retorna ao famoso estádio, mas dessa vez no gramado e sem a presença do público. 

A live será um esquenta da Turnê de Despedida que o grupo teve que adiar em função da quarentena.

À coluna, o vocalista Samuel Rosa diz que "há grande chance do público ser maior", já que mais pessoas poderão acompanhar a apresentação de suas casas. O show será transmitido pelo canal oficial da banda no YouTube e pelo canal pago Bis.

O artista frisa que a produção irá cumprir todas as orientações e protocolo da OMS (Organização Mundial da Saúde) para realizar a live. A estrutura foi pensada para evitar qualquer tipo de aglomeração, além de ser 100% ao ar livre, garantindo o distanciamento social essencial entre cada músico e equipe.

Leia abaixo o papo que tive com Samuel sobre a live:

Adriana: Após 10 anos da gravação do álbum ao vivo no Mineirão (eu estava lá!) vocês voltam para um show, mas desta vez sem a participação do público in loco. Você já pensou como pode ser essa sensação?
Samuel Rosa: Voltaremos agora para tocar para as arquibancadas vazias, mas com um público que tem grande chance de ser muito maior do que aquele público que estava na gravação. Fico imaginando quantas pessoas estarão conectadas com o Skank nesse sábado à noite.

Acho que vai ser um jeito de matar as saudades do público, matar as saudade uns dos outros, já que não estamos nos vendo, mas também matar as saudades do exercício da nossa profissão. Eu não me lembro nesses quase 30 anos de carreira, de ter ficado um período tão longo longe dos palcos. 

O que você pode adiantar dessa live show? Será no gramado? Quantas pessoas compõem esta equipe para cumprir o protocolo de segurança?
Será tudo muito simples, com uma estrutura de estúdio mínima, não vai ser uma estrutura mega de show. Na verdade, o Mineirão funcionará só como cenário. Vamos respeitar todas as recomendações de segurança e o Mineirão, inclusive, contribui para isso porque é ao ar livre. Teremos o número mínimo de pessoas para a live funcionar, nada diferente do que seria se fizéssemos em um estúdio. 

Vi que vocês perguntaram aos fãs qual música não pode faltar. Conseguiram fechar um set list que pelo menos agrade a maioria, já que são muitos hits nesses 30 anos em atividade?
Esse show será baseado na apresentação que a gente levaria para a estrada este ano, comemorando os 30 anos. Teremos, claro, as músicas mais conhecidas do Skank e uma ou outra que a gente apurou com o público nas redes sociais. É complicado fazer um show com todas as músicas da carreira porque temos mais ou menos umas 2h de apresentação, entre músicas, o tempo das doações e perguntas do pessoal que estiver assistindo.

Vocês fizeram algum ensaio juntos?
Sim, fizemos um ensaio só, já que estamos há quase três meses sem tocar.

Como ficará a turnê de despedida que vocês fariam durante 2020, ela se estenderá até o ano que vem? Vocês remanejarão as datas?
Vamos voltar assim que for possível, assim que for seguro. A gente não tem previsão de quando tudo deve voltar, então não consigo ter uma perspectiva de volta. Os shows de março, abril, maio e junho já foram ou estão sendo remanejados. A turnê não foi cancelada, ela foi só adiada. Se precisar, entraremos em 2021, sim.

Serviço
Live do Skank no Mineirão
Quando: 30 de maio, sábado, às 20h
Onde: Canal oficial do Skank no YouTube

Siga @AdrianadeBarros

Veja também:

Sucesso no campo e arrogância nos bastidores aumenta antipatia dos rivais sobre o Fla
Nos Bastidores Nos Bastidores
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade