3 eventos ao vivo

Série mostra o sucesso do projeto "Tardezinha" de Thiaguinho

Na Globoplay, os episódios revelam os bastidores da turnê do pagodeiro que durou quatro anos

19 out 2020
21h18
atualizado às 21h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
"Tardezinha" está disponível na Globoplay
"Tardezinha" está disponível na Globoplay
Foto: Divulgação

Criado desprentensiosamente por Thiaguinho com o amigo e ator Rafael Zulu, inicialmente, o show "Tardezinha" era para ser apenas uma roda de samba aos domingos para reunir os chegados no Rio de Janeiro. "Um projeto muito gostoso porque eu podia cantar as músicas dos artistas que cresci ouvindo", diz o cantor.

O que ele não imaginava é que a "roda de samba", duraria quatro anos, tomaria conta do Maracanã no show de encerramento e ficaria na memória dele e do público de mais de 40 mil pessoas que lotou o estádio. "Nunca imaginei cantar no Maracanã. Sempre tive o sonho de cantar e gravar um álbum, mas Deus me deu muito mais do que imaginei. Esse show representou muito. Além de ser o último, foi muito especial. Toda minha família estava lá, meus amigos." O show de seis horas também virou um álbum com 20 faixas, lançado pela Som Livre, com hits como "Temporal" (Leandro Lehart), "Que Se Chama Amor" (Só Pra Contrariar), "Me Apaixonei Pela Pessoa Errada" (Exaltasamba).

"Acho que a música que mais mexeu comigo neste projeto foi "Temporal", do Leandro Lehart do Art Popular. Foi a primeira música que cantei na minha vida", relembrou. 

É com essa apresentação que o pagodeiro encerra a turnê que está na série disponível em quatro episódios na Globoplay. Dirigida por Benedita Zerbini e João Pedro Januário, da Pindorama Filmes e por LP Simonetti, o registro revela como surgiu o projeto, os desafios e alegrias desta jornada. Há depoimentos de profissionais e amigos que marcaram essa trajetória, como Alexandre Pires, Belo, Rodriguinho, Thiago Martins, Ferrugem, Péricles, Di Ferrero, Iza, Ludmilla, Tiago Abravanel, entre outros. 

Em conversa com os jornalista às vésperas do lançamento, o cantor frisou que o projeto confirma que ele sempre subiu ao palco para fazer o que mais ama. "Cheguei a cantar sete horas num só 'Tardezinha'. Esse projeto me deu certeza absoluta que faço o que amo", disse.

Ao ser perguntado pela coluna o que ainda mantém em sua personalidade dos tempos do reality Fama, que o projetou nacionalmente, ele diz que é a "vontade de vencer". "A vontade de cantar e de viver disso é muito latente em mim. Acho que quem foi ao 'Tardezinha' viu isso. É algo que sonhei muito e amo muito de fazer. O frio na barriga que sinto é o mesmo", finalizou.

Projetos futuros

Há sete meses longe dos palcos devido a pandemia da Covid-19, Thiaguinho está na expectativa de voltar a cantar. Embora não tenha previsão de retorno, ele espera o retorno no final do ano ou início de 2021.

Além disso, o artista pensa em um projeto para resgatar o que fez em seus oito anos de carreira solo. "Acho que está na hora de fazer um resumo da minha carreira para quem ainda não me conhecia. Quero revisitar a minha trajetória e mostrar coisas novas", adiantou.

@Siga AdrianaDeBarros

 

Veja também:

Drake critica Grammy por esnobar The Weeknd em indicados
Nos Bastidores Nos Bastidores
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade