0

Nos Bastidores

Inspirada no jazz, trilha do filme "30 Anos Blues" terá EP

Divulgação

Com composições inéditas, a previsão de lançamento nas principais plataformas digitais é ainda neste segundo semestre de 2020

12 ago 2020
17h48
atualizado às 17h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A trilha sonora original composta pelo músico Flavio Iannuzzi para o filme "30 Anos Blues", de Andradina Azevedo e Dida Andrade, vai virar um EP. O soundtrack foi inspirado por álbuns clássicos do jazz como ‘Money Jungle’, de Duke Ellington, e ‘Kind of Blue’, de Miles Davis.
 
"30 Anos Blues" recebeu o Kikito Especial do Júri no último Festival de Cinema de Gramado e tem pré-lançamento digital entre 20 e 23 de agosto no Belas Artes À La Carte. 

A trilha traz músicas gravadas em dois dias de estúdio com a banda da jazz orquestrada por Flavio Iannuzzi, de forma orgânica e com a presença dos cineastas. 

“A proposta foi algo inspirado na maneira que Miles Davis gravou o icônico álbum Kind of Blue: chegar ao estúdio com os temas das músicas já concebidas, mas com total liberdade de os músicos improvisarem”, conta Andradina Azevedo. 

“Queríamos que cada take fosse diferente do outro para buscar sempre algo original, vivo e livre, pois esse era o espírito do filme”, complementa Dida Andrade. 

O músico Flavio Iannuzzi, autor da trilha de "30 Anos Blues"
O músico Flavio Iannuzzi, autor da trilha de "30 Anos Blues"
Foto: João Priolli/Divulgação

Flavio Iannuzzi afirma que o trabalho o surpreendeu e já é marco em sua trajetória de trilhas. “De todos os trabalhos com longas e curtas que fiz, esse foi o mais marcante pela originalidade. O resultado final ficou incrível”, declara o pianista e arranjador.

"30 Anos Blues" revela conflitos e inquietudes de uma geração neste mundo de constante ebulição. Além de Andradina Azevedo e Dida Andrade, o elenco traz Carol Melgaço, Julia Ianina, Claudia Alencar, Bruna Yamatogue, Adriano Toloza, Fábio Penna, Danielle Rosa, Juan Manuel Tellategui, Marco Antônio Braz, André Lu e Mariana Hein, entre outros.

O filme estará disponível para locação entre 20 e 23 de agosto no streaming Belas Artes À La Carte. “O aluguel será R$ 9,90 e vamos reverter a renda para manutenção do Cine Bijou, sala histórica de São Paulo mantida pelo Satyros”, contam os diretores. “Além disso, haverá uma sessão no dia 3 de setembro, uma quinta, às 18h, no Drive-In Cine Belas Artes, no Memorial da América Latina”, adiantam.



“O próximo passo será passar na tela grande do Brasil e do mundo assim que isso for possível”, dizem os cineastas, que já fecharam com a empresa francesa Wide para a distribuição internacional de ‘30 Anos Blues’. 

Os diretores ainda aproveitam a quarentena para trabalhar no roteiro de seu terceiro longa, ‘O Herdeiro ou A Bíblia Segundo Darwin’. “Estamos buscando uma coprodução Brasil/Estados Unidos com a empresa A24, que é a produtora norte-americana de filmes independentes como Moonlight e Anos 90”, revelam.

Siga @AndradinaAzevedo

Siga @AdrianaDeBarros

Veja também:

Nos Bastidores: Di Ferrero fala sobre o 'Di Boa Sessions'
Nos Bastidores Nos Bastidores
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade