3 eventos ao vivo

Nos Bastidores

Baterista do Paralamas, Barone antecipa como será 1ª live

Mauricio Valladares

Integrantes estão em isolamento desde março: "Estamos numa empolgação muito grande pra nos reencontrarmos"

28 ago 2020
19h57
atualizado às 20h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Herbert Vianna (guitarra e voz), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria) estão ansiosos para o primeiro reencontro após cinco meses. O Paralamas do Sucesso fará sua primeira live neste sábado (29), diretamente do Rio de Janeiro, tocando clássicos que marcaram a trajetória de quatro décadas da banda.

Canções como "Aonde Quer Que Eu Vá", "Meu Erro", "Óculos", "Lanterna dos Afogados", "Alagados", "Cuide bem do seu Amor", entre outros, além de músicas do mais recente trabalho da banda, como "Sinais do Sim", estão no repertório do show "Paralamas Clássicos".

Considerado por essa colunista como o mais elegante e um dos melhores bateristas do Brasil, João Barone conversou com exclusividade sobre os preparativos e o entusiasmo em levar ao público uma apresentação inédita.

A partir das 20h, o público poderá acompanhar pelo canal oficial da banda no YouTube, o show virtual. "Vamos apresentar o set list que seria da nova turnê que estrearia em março com dois shows no Circo Voador, que acabaram sendo adiados devido ao início da pandemia no Brasil", explica Barone.

Na entrevista abaixo, Barone diz como estão em isolamento, a preparação do show e como estão os preparativos para o retorno aos palcos no formato drive-in. A primeira volta aos palcos também já tem data marcada.

Adriana de Barros: Como estão as expectativas para o primeiro show sem a presença do público?
João Barone:
Estamos numa empolgação muito grande pra nos reencontrarmos. Nós, os Paralamas, não nos vemos desde março. Estivemos nesse período isolados, respeitando todos os cuidados de saúde e prevenção. Então, só o fato de nos reencontrarmos já será maravilhoso! Resolvemos fazer só agora a nossa live, após termos a garantia de todos os protocolos e cuidados de segurança, como testes de covid e medidas de higiene. Houve muitos pedidos do nosso público por essa live. Finalmente, chegou a hora de fazermos, mantendo a integridade de toda a nossa equipe.

Vocês optaram por um repertório de clássicos da banda que são muitos nessas quatro décadas de carreira. Como chegaram no setlist final?
Vamos apresentar o set list que seria desta nova turnê "Paralamas Clássicos", que iria estrear no começo de março, com dois shows no Circo Voador, no Rio de Janeiro (e que acabaram sendo adiados devido ao início da pandemia no Brasil). Tínhamos uma previsão de um primeiro semestre muito movimentado, com vários shows que já estavam marcados. Resolvemos repaginar o nosso show e o nosso repertório. Temos sempre esse desafio de juntar as nossas músicas, criando “climas” e “atmosferas” distintas ao longo do show.

Vocês se encontraram para algum ensaio presencial?
Não nos vemos desde março. Nos falamos em algumas ocasiões, via telefone, em algumas ocasiões como aniversários e preparativos pra essa live. Eu e o Bi optamos por sair um pouco da cidade para nos isolarmos. Antes de março, havíamos ensaiado bastante pra estreia da nossa turnê "Paralamas Clássicos". Fizemos um ensaio especial na sexta-feira, véspera da live, para ajeitar os últimos detalhes.

Onde será feita a apresentação?
No Teatro Prudential, no Rio de Janeiro.

Pretendem aderir ao formato drive-in?
Nós teremos o nosso primeiro show neste formato agendado para sábado, dia 12 de setembro, no Allianz Parque, em São Paulo. Se, por ora, esta for a única maneira de trabalharmos e levar o show ao nosso público, iremos seguir sim neste circuito de shows drive-in pelo Brasil. Sempre tendo todas as garantias de segurança para nós e toda a nossa equipe.

Muitos artistas dizem estar aproveitando o isolamento para compor inéditas. Isso está acontecendo com o Paralamas ou estão aproveitando a quarentena para fazer outros projetos, ou nada?
Ficamos afastados um do outro nesta pandemia. Os Paralamas só funcionam quando estamos todos juntos! Confesso que estou curioso pra saber se o Herbert de repente vai chegar com alguma canção inédita para projeto futuros rsrsrs! Eu especificamente fiz alguns trabalhos pontuais, algumas gravações, como por exemplo com o Rodrigo Santos (Barão Vermelho) numa gravação para o RainForest Foundation, além de uma participação especial convocada pelo nosso querido e saudoso Rodrigo Rodrigues (jornalista do Grupo Globo, falecido agora em julho) com uma versão especial de "Pro dia nascer feliz", do Barão Vermelho.

Serviço
Live Paralamas do Sucesso
Quando: 29 de agosto, sábado, às 20h
Onde: https://www.youtube.com/osparalamasdosucesso

Siga @AdrianaDeBarros

Veja também:

Luciano chora ao falar sobre álbum gospel, "A Ti Entrego"
Nos Bastidores Nos Bastidores
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade