PUBLICIDADE

Salão de Xangai: conheça 7 carros que são destaque na China

Com foco em carros elétricos, Salão de Xangai 2021 reúne lançamentos para a China e também para o mercado global

21 abr 2021
0comentários
Publicidade

Após dois dias destinados à imprensa, a 19ª edição do Salão do Automóvel de Xangai abriu as portas ao público nesta quarta (21). Após um 2020 marcado pelo cancelamento de eventos por conta da atual pandemia de Covid-19, o evento acontece de forma presencial, indo na contramão da tendência de lançamentos virtuais. Em sete dias de evento, são esperados 1 milhão de visitantes.

Como de costume, o evento reuniu as principais montadoras mundiais e chinesas, que apresentaram novidades para o mercado local. No entanto, alguns lançamentos chegam com potencial de serem vendidos em outros países, e não podem passar despercebidos. Confira os principais destaques do Salão de Xangai de 2021.

Honda SUV e: prototype
Honda SUV e: prototype
Foto: Honda

Honda SUV e: prototype
Assim como a conterrânea Toyota, a Honda também apostou em um SUV elétrico para o Salão de Xangai. O conceito SUV e: prototype é inspirado na nova geração do HR-V, que foi apresentada em fevereiro deste ano. Com algumas mudanças visuais em relação ao modelo a combustão, o SUV e: prototype será o primeiro elétrico da Honda para o mercado chinês, e deve chegar ao mercado em 2022. Além dele, a marca japonesa se prepara para lançar outros nove modelos totalmente elétricos localmente até 2026.

Toyota bZ4X
Toyota bZ4X
Foto: Toyota

Toyota bZ4X
Com planos de lançar mundialmente 70 modelos eletrificados até 2025, a Toyota apresentou o conceito bZ4X. Desenvolvido em parceria com a Subaru, o SUV elétrico é o primeiro carro da família bZ (Beyond Zero), que ganhará mais seis membros em breve. Construído sobre a plataforma modular e-TNGA, a versão de produção do Toyota bZ4X será produzida na China e no Japão, e deve chegar ao mercado em 2022.

Volkswagen ID.6
Volkswagen ID.6
Foto: Volkswagen

Volkswagen ID.6
Principal novidade da Volkswagen para o Salão de Xangai, o ID.6 é o primeiro SUV de sete lugares elétrico da marca alemã. Disponível nas configurações “X” e “Crozz”, ele compartilha grande parte do visual com o irmão menor ID.4, modelo com o qual compartilha plataforma. O Volkswagen ID.6 tem dois motores elétricos, um em cada eixo, que oferecem potência combinada de 306 cv. De acordo com a Volkswagen, o ID.6 acelera de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos e conta com autonomia de 588 km. Por enquanto, ele será exclusivo do mercado chinês, mas seria uma boa aposta para os mercados europeu e americano.

Ford Evos
Ford Evos
Foto: Ford

Ford Evos
Um dos principais destaques do salão, o Ford Evos é um SUV cupê que conta com elementos de perua. Com capacidade para sete ocupantes, o Evos conta com uma enorme tela horizontal que mede 1,1 m, que reúne o painel de instrumentos digital de 12,3’’ e a central multimídia de 27’’ com resolução 4K. De acordo com a Ford, o Evos será oferecido apenas no mercado chinês, sem previsão de chegada a outros países. No entanto, rumores indicam que ele pode substituir o Mondeo na Europa e o Fusion nos EUA. 

Mercedes EQB
Mercedes EQB
Foto: Mercedes

Mercedes EQB
Baseado no modelo GLB, o Mercedes EQB é o primeiro SUV de sete lugares elétrico da montadora alemã. No mercado chinês, o EQB terá uma versão AMG-Line com dois motores elétricos, que oferecem potência combinada de 292 cv. Com autonomia de 419 km, ele pode ser recarregado de 10 a 80% em apenas 30 minutos. Produzido na Hungria e na China, o Mercedes EQB chegará aos mercados europeu e chinês ainda em 2021, e nos EUA em 2022. Apesar de ainda não ter sido confirmado para o Brasil, também pode chegar ao país no ano que vem.

Audi Concept Shanghai
Audi Concept Shanghai
Foto: Audi

Audi Concept Shanghai
Uma semana depois de revelar a versão de produção do Q4 e-tron, a Audi mostrou o SUV Concept Shangai. Construído sobre a plataforma MEB, o SUV elétrico conta com sete lugares, e é basicamente uma versão Audi do Volkswagen ID.6. Medindo 4,87 m de comprimento, o SUV da Audi tem design inspirado no modelo Q4 e-tron, com alguns elementos visuais diferentes, sobretudo a carroceria, que é mais larga e comprida. Por enquanto, a Audi ainda não revelou informações a respeito da motorização ou sobre o desempenho do protótipo. No entanto, a marca alemã adiantou que a versão de produção do SUV será anunciada no segundo semestre deste ano.

Audi A6 e-tron
Audi A6 e-tron
Foto: Audi

Audi A6 e-tron
Principal novidade da Audi para o Salão de Xangai, o A6 e-tron concept antecipa as linhas dos próximos modelos da marca alemã. O sedã com pinta de cupê estreia a nova plataforma modular elétrica PPE, que será utilizada por modelos Porsche, Bentley e Audi a partir do ano que vem. O modelo é equipado com dois motores que oferecem 476 cv e 800 Nm de torque. Já a autonomia é de 700 km, e o A6 e-tron pode ser recarregado até 80% em apenas 25 minutos. Com planos de lançar 20 modelos elétricos até 2025, a Audi deve lançar a versão de produção do A6 e-tron até 2022. Além disso, o modelo tem chances de chegar ao Brasil.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade